W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

A disputa pelo G4 do Brasileirão está aberta. Façam suas apostas. Quem classifica?

Escudos dos times do Brasileiro 2015_série a

A atual edição do Campeonato Brasileiro é a mais equilibrada dos últimos anos. Desde 2006, quando o Brasileirão passou a ser disputado por 20 clubes, a briga pelo G4 (que dá acesso à Libertadores) sempre foi bastante acirrada, mas não como em 2015.

Após 31 rodadas, sete equipes ainda continuam firmes na briga pelo quarto lugar. Apenas três pontos separam o quarto colocado, Santos (49 pontos conquistados), do nono colocado, o Sport (46 pontos conquistados). Atrás da equipe de Pernambuco ainda está o Flamengo, com 44 pontos, cinco a menos que o Santos, um pouco mais distante do “bolo”, portanto.

Palmeiras, São Paulo, Internacional e Ponte Preta completam a lista dos aspirantes à quarta vaga.

Palmeiras, Santos e São Paulo, serão os clubes que sofrerão um desgaste físico maior. Além do Brasileirão, os times estão envolvidos na semifinal da Copa do Brasil. Nesse momento, ter um elenco mais qualificado pode fazer diferença. Acredito que o Palmeiras possa levar vantagem nesse quesito, e mostrou isso na última rodada, quando enfrentou o Avaí, fora de casa, atuando com um time misto, e conseguiu a vitória. Já o Santos é o time que, na teoria, enfrentará os adversários mais “tranquilos”. É o único que jogará contra clubes que estão atrás dele na classificação. O único confronto direto será diante do Palmeiras e jogando em casa, na Vila Belmiro. Do trio paulista, o São Paulo é o que tem a tabela mais complicada. Enfrentará dois adversários que estão mais bem colocados (Corinthians e Atlético Mineiro), além de jogar contra o Sport, adversário direto na briga pela vaga.

A Ponte Preta é o time, dentre esse (nem tão) seleto grupo, que vive o melhor momento na competição. Nos últimos sete jogos, foram seis vitórias e um empate. A Macaca conseguiu resultados importantíssimos, vencendo, por exemplo, Palmeiras e Atlético Paranaense fora de casa, o Santos em Campinas e empatando com o líder Corinthians. A Ponte vai jogar quatro jogos fora e três em casa. Dos jogos como visitante, enfrentará três adversários difíceis: Atlético Mineiro, Internacional e Flamengo.

O Internacional é outro time que pode vir a surpreender. Apesar da irregularidade, a equipe de Porto Alegre conseguiu permanecer na disputa e terá pela frente alguns jogos teoricamente mais fáceis que alguns dos seus concorrentes. O jogo chave para o Colorado é o clássico diante do Grêmio, que deve definir o futuro do time na competição.

Acredito que o Sport seja o clube com maiores dificuldades pelo tão desejado quarto lugar. Das sete partidas restantes para a equipe pernambucana, cinco serão contra adversários que estão à sua frente, entre eles Palmeiras e São Paulo. Tais confrontos poderiam ser favoráveis se fossem em casa, mas até isso pesa contra o time de Pernambuco, já que diante dessas duas equipes paulistas, nas duas próximas rodadas, o Sport jogará fora de sua arena.

A briga promete ser boa! A disputa por uma vaga na Libertadores de 2016 deve ir até a última rodada.

Façam suas apostas. Quem classifica?

Palpites da 32ª rodada do Brasileirão 2015
Guerrero pagou o pato. Hora da torcida corintiana demonstrar a sua gratidão

Escrito por:

- possui 38 artigos no No Ângulo.

Administrador de empresas em São Paulo, é também jogador nas horas vagas. Amante da redonda, acredita no poder do futebol em agregar as pessoas, aproximar os amigos e unir a família. Com ele, a resenha está garantida.

Entre em contato com o Autor

Um comentário para “A disputa pelo G4 do Brasileirão está aberta. Façam suas apostas. Quem classifica?”


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano atua e segue aprofundando estudos nas suas principais paixões: futebol e cidades. Especialista em gestão do esporte, como jornalista também encara o futebol como fenômeno cultural.

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados