W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

Análise dos jogos de “ida” das oitavas da Libertadores: Medo de perder foi maior do que a vontade de ganhar

robinho-foi-atingido-por-um-isqueiro-atirado-por-um-torcedor-do-racing-na-partida-com-o-atletico-mg-1461800964424_615x300

Créditos da imagem: UOL

Como gostava de dizer Vanderlei Luxemburgo, “o medo de perder foi maior do que a vontade de ganhar” no início das oitavas da Libertadores

Com jogos truncados para as equipes brasileiras, rodada começa com empates de Atlético Mineiro e Corinthians (ambos por 0 x 0 contra Racing-ARG e Nacional-URU, respectivamente) e derrota do Grêmio em Porto Alegre (por 1×0) para o Rosario Central-ARG. E o São Paulo ainda enfrenta o Toluca-MEX, no Morumbi.

Atlético Mineiro

O Racing até assustou com uma bola na trave de Lisandro López (em ótima enfiada de Romero – o irmão gêmeo do corintiano), mas o Galo foi superior e poderia até ter tido melhor sorte, caso Dátolo, Robinho e Pratto estivessem numa jornada mais inspirada. A energia do “menino maluquinho” Luan, contundido, faz falta. Na volta, aposto na equipe mineira, mas não sem riscos, pois o adversário possui atletas agudos e perigosos, que podem marcar um gol na base do talento e tornar as coisas mais difíceis para o time da casa.

Corinthians

Um jogo fraco da equipe de Tite contra um Nacional-URU que não assusta. O papelão do Palmeiras na primeira fase (único a ser derrotado pela equipe uruguaia no torneio até aqui) fica cada vez mais evidente. Penso que o Corinthians se classifica em São Paulo, mas precisará de novos ingredientes para dar vôos mais altos na competição. Hoje, a sensação é a de que o Timão não está pronto para conquistar o título. Tite tem errado a mão ao não escalar Romero, que vive ótima fase e deveria ser mais bem aproveitado. Sem falar que Guilherme não é meia e deveria ser substituído por Rodriguinho (e não Alan Mineiro), o mais “armador” entre os meias corintianos. De qualquer forma, o time é consistente e só deverá ser parado (se de fato for), quando encarar algum “peso pesado” à-la Boca Juniors.

Grêmio

A equipe gaúcha deu o azar de enfrentar a equipe que apresenta o futebol mais afinado da Libertadores. O Rosario só não “passeou” no seu grupo pois perdeu uma partida incrível para o Palmeiras no Allianz Parque, quando claramente merecia melhor sorte. Sem falar que los canallas são argentinos, naturalmente com camisa e tradição superiores a de equipes ascendentes colombianas e mexicanas, por exemplo. No jogo em Porto Alegre, o Grêmio foi inoperante e se rendeu ao melhor futebol dos comandados de Coudet, que venceram por 1×0 e agora jogarão por um empate. De modo que o Grêmio tem tudo para ser o segundo brasileiro eliminado da Libertadores. Mas nunca duvide do Imortal

São Paulo

Na partida a ser realizada no Morumbi, embora o Tricolor Paulista não tenha se mostrado uma equipe confiável ao longo da temporada, penso que a classificação penosa obtida em La Paz contra o The Strongest, mais o fato de jogar em casa e Ganso em excelente fase, poderão fazer com que o São Paulo conquiste um resultado expressivo contra o Toluca-MEX, que o deixe em condições de trabalhar a partida da volta, no México, quando provavelmente poderá contar com o retorno do artilheiro Calleri, que cumprirá suspensão na partida de ida.

E segue o jogo.

Wallace "xerifão", o seu tiro saiu pela culatra
Não joguem a culpa só no Denis

Escrito por:

- possui 230 artigos no No Ângulo.

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

Entre em contato com o Autor

6 respostas para “Análise dos jogos de “ida” das oitavas da Libertadores: Medo de perder foi maior do que a vontade de ganhar”

  1. Gilberto Maluf (Coluna do Leitor) gilberto maluf disse:

    Realmente o Alan Mineiro, como comentado, não tem nada a ver. Giovani Augusto está fazendo falta.

  2. Até agora, nos 5 jogos das oitavas da Libertadores e nos 2 das semi da Champions, tivemos prazerosos 3 gols em 7 partidas… gol virou artigo de luxo! 😀

  3. Perfeita análise Fernando Prado. Acredito que Galo e Timão passem, apesar da diferença dos jogos de ontem. O do Galo foi muito bom e o do Corinthians sofrível. O Grêmio complicou muito, não pelo 0x1, mas sim pela qualidade do Rosario. Já o SP, bem esse é imprevísivel kk

  4. José Maria de Aquino Jose Maria Aquino disse:

    São Paulo engatou a 5a. Rumo ao penta….

  5. Vicente Prado (Coluna do Leitor) Vicente disse:

    Na mosca!!!


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano atua e segue aprofundando estudos nas suas principais paixões: futebol e cidades. Especialista em gestão do esporte, como jornalista também encara o futebol como fenômeno cultural.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados