Ao barrar Cássio, Tite envia sinal à equipe

Créditos da imagem: UOL

A barração de Cássio no gol do Corinthians me faz pensar no nível de profissionalismo em vigor no Brasil. Cássio pediu (e conseguiu) licença para acompanhar o enterro da avó e faltou ao jogo contra o Grêmio.

Em 2003, a mãe de Michael e Ralf Schumacher morreu num sábado, véspera do GP de Mônaco. Eles arranjaram um modo de conciliar a vida pessoal e profissional. Foram ao seu velório e no mesmo dia voltaram para correr. Michael venceu e ficou em silêncio no pódio.
E era a mãe, não a avó.

O Corinthians vive um momento muito delicado, após eliminações inesperadas no Paulista e na Libertadores e uma perspectiva incerta no Brasileiro. Isso certamente impactou Tite – que não cansa de repetir que Cristiano Ronaldo era o jogador que mais treinava no Real Madrid, quando esteve lá. Além de compromisso, acho que Tite esperava desejo da parte de Cássio de estar naquele jogo.

Mas a questão me parece maior. Envolve a maneira como nós brasileiros vemos o trabalho. Questões pessoais são muito importantes, mas as profissionais não são menos.

18 comentários em: “Ao barrar Cássio, Tite envia sinal à equipe

  1. BACANA ESSA ÓTICA DO COLUNISTA, REALMENTE ÀS VEZES PECAMOS NESSE LADO PROFISSIONAL…

    MAS ACHO QUE O CÁSSIO FOI BARRADO MESMO PORQUE TEM MÃOS DE MADEIRA! ELE REBATE TODAS!

    OU SEJA, TITE UNIU O ÚTIL AO AGRADÁVEL COM ESSA DECISÃO…

  2. Muito interessante, Marcelo Damato. Acho que você trouxe à baila uma reflexão importante (para o nosso futebol e até para a nossa sociedade, num contexto mais amplo). Só temo que o Tite utilize como “bode expiatório” um jogador que talvez seja o mais identificado do elenco com a torcida. Será que Cássio não merecia mais “carinho”? Ou, dentro da sua linha de raciocínio, até pelo fato de o Cássio ter toda essa representatividade, não seria razoável partir dele o interesse de ser um líder e fazer questão de atuar naquela partida? Confesso que ainda estou refletindo a respeito do tema… De qualquer forma, muito obrigado pela contribuição do mais alto nível, como de costume. 😉

  3. Sinal de que é um trouxa TEIMOSO
    barra o último grande expoente de uma equipe campeã mundial com identificação c o clube (recusou proposta pra ficar) e banca o André lixo na frente encostando Romero, o mesmo pra Rodriguinho ao invés de Marlone
    acho q ele quer vê até onde vai a moral dele c a torcida pq não é possível
    Cada vez mais DECEPCIONANTE

  4. Ele foi barrado mais logo ele ta d volta e n sei pq o tite fez isso mais talvez isso melhore as atuaçôes dele nos proximos jogos e sobre o andre talves o tite queira fazerigual o vagner love sò n sei se isso vai da certo né

  5. Muito bem observado, Marcelo Damato! É muita coincidência que o Cássio saia justamente depois disso.

    Mas, embora ele seja um ídolo histórico do clube, acho que também não é para tanto drama. O Walter parece ser um grande goleiro, e o Cássio não foi afastado de treinamento, nada, simplesmente foi para o banco. Acho que essa grande repercussão também denota como não lidamos naturalmente com briga por titularidade.

    Para finalizar, na minha visão, é justificável o Cássio não ter atuado pela morte do avô. Se fosse uma partida decisiva, poderia ser diferente, mas não era o caso. Acho uma decisão muito pessoal e que não revela de modo algum o real comprometimento profissional de alguém.

  6. É o seguinte: Em primeiro lugar, acho o Walter muito mais goleiro do que o Cassio. Pra mim, já deveria ser titular a muito tempo. Porém, se o motivo pra preterir o Cassio em favor do Walter foi esse, é muita filhadaputagem do Tite ou de quem quer que tenha partido a ordem. Ninguém, a não ser a própria pessoa que a sente, pode dimensionar o tamanho da dor do outro.

  7. Não sei qual a intenção de Tite , algum tempo atrás Walter merecia a titularidade , hoje não vejo desta maneira. Provavélmente deve ser para mexer com o elenco . Porém há coisas mais importantes a fazer nesse time, uma delas é encaixar esse meio campo. Abrir mão de volante de contenção que não serve pra nada , colocar dois meias de habilidade neste setor , para que a bola não queime nos pés . Coloque o menino Maicom com Elias de maneira paralela , Marlone e Gionavio Augusto , com Marquinhos Gabriel e André, num 4 4 2 , dúvido que este time não de resultado. Outra coisa libertadores não é liga dos campeões , aqui o couro come , o Titte tem que esquecer o politicamente correto neste torneio , não se ganha dando o outro lado da cara pra bater.

Deixe sua opinião e colabore na discussão