Apostas erradas podem encurtar vida de Jair Ventura no Santos

Créditos da imagem: Neto Tuareg / Santos FC

A chegada de Jair Ventura ao Santos foi comemorada por boa parte da torcida. Afinal, o treinador fez nome no Botafogo ao levar o limitado time carioca à Libertadores e trabalhar bem com os garotos da base.

Ao começar o trabalho no Santos, foi elogiado por dar oportunidades ao garoto Rodrygo, tratado por lá como novo raio, e até engatou um ou outro bom jogo.

O tempo passou, no entanto, e o time desandou. Jair começou a insistir demais em jogadores que não têm feito por merecer, casos do zagueiro Lucas Veríssimo e do meia Vecchio, e o resultado está nos números.

A derrota para o São Bento, em plena Vila Belmiro, segundo levantamento do site Diário do Peixe, deixa Ventura como o técnico com pior início de trabalho no Santos desde 2013.

Mais do que os números, no entanto, preocupam o mau futebol e a constatação de que a base santista não é tão solução assim, principalmente com Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro pela frente.

Se o presidente José Carlos Peres não abrir o olho e reforçar o time, e se Jair Ventura não enxergar que seus melhores zagueiros estão no banco -Luiz Felipe e Gustavo Henrique-, a caminhada do filho do Furacão da Copa de 70 pelos lados da Baixada terminará rapidamente… E sem final feliz.

17 comentários em: “Apostas erradas podem encurtar vida de Jair Ventura no Santos

  1. Eu discordo, apenas, em relação ao Veríssimo. Fez um grande ano de 2017 e acho que não está indo mal. Pra mim, o melhor zagueiro do Santos é o Luís Felipe. Quanto ao apanhado geral, o Santos segue sendo um time sem padrão de jogo. Está desarrumado em campo, não tem compactação, é um time extremamente lento na transição de bola e ainda mais lento na recomposição defensiva. Hoje o Santos não tem elenco pra se manter jogando num 4-3-3, mas o Jair não consegue enxergar isso. Eu, como santista, estou decepcionado com o desempenho do Jair, não apenas pelos resultados, mas pelo time estar jogando muito, muito mal.

  2. CALMA, SEM IMEDIATISMOS.

    ELE AINDA ESTÁ TESTANDO O TIME.

    O GRANDE ERRO ATÉ AGORA FOI A ESCALAÇÃO NO JOGO DE ESTREIA DA LIBERTADORES.

    AGORA ELE TEM MESMO QUE CORRER ATRÁS DO PREJUÍZO.

    MAS NADA QUE UMA BOA VITÓRIA HOJE NÃO RESOLVA!

    1. Robert Gomes Motivo besta, né? Ganhar jogos com o Botafogo, ser querido por colegas e pela torcida, construir uma reputação com bom futebol…. perto disso $ é tanta mesquinharia, não consigo imaginar alguém preferir.

    2. Felipe Pait não vejo dessa forma, pelo contrário, sair de um time limitadíssimo, com seus principais jogadores saindo, para um time limitado porém ainda com atletas de nível e
      salários melhores (pq pelo que sei o teto do Botafogo hj em dia é de 150 mil o do Santos 300 mil, em consequência melhores jogadores irão ao Santos)infra estrutura superior e ainda por cima com acréscimo no salário,jogando uma libertadores novamente,aspecto esse que conta muito tanto para treinadores como jogadores, coisa que o Botafogo não jogaria e ainda por cima com bem mais chances de títulos(não que sejam p lá de grandes hj em dia as do Santos mas comparando com o Botafogo que ao me vê briga p n cair esse ano)seria uma ótima escolha!! Eu no lugar dele n terei pensando duas vezes, imagino que ele fez o mesmo…

    3. Felipe Pait nesse âmbito que vc entrou é outra história, nem sou defensor dele Jair treinador e nem desse novo presidente que já demonstrou n ter muita capacidade apesar do pouco tempo, espero está errado,apenas acho que na questão pessoal de mudar de time foi uma boa escolha!!

  3. Pode colocar o papa de técnico no Santos que não faz esse time jogar. Elenco muito fraco e sem peças de reposição para o time titular que diga-se de passagem já é fraco. Única esperança e contratar um meia de criação bom e o BH voltar

  4. O rapaz acabou de chegar em um time desmantelado com saídas de jogadores importantes e querem milagre. Minha nossa deixem.que ele trabalhe que escolha suas peças.

Deixe sua opinião e colabore na discussão