W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

AVANTI, Palmeiras

Palmeiras

Créditos da imagem: palmeirasonline.com

O Palmeiras parece ter reencontrado o caminho para colher grandes frutos.

O clube, pioneiro em marketing esportivo no país, volta a apresentar parcerias que trazem muitos recursos financeiros, vislumbrando, assim, times competitivos em busca de títulos.

Sempre fui adepto de que um clube de futebol vive sim de títulos. Muito importante manter um espaço social, mas, a vitrine maior, e aquilo que rega a paixão do torcedor, são os títulos.

Palmeiras e Parmalat fizeram o primeiro acordo em moldes de gestão de futebol do Brasil, em 1993. Essa parceria rendeu ao clube mais de dez títulos nos anos 90, enquanto a Parmalat tornava-se cada vez mais conhecida no país.

O clube também foi o primeiro dos grandes a estampar um logotipo em sua camisa, da fornecedora Adidas.

Dando sequência e mantendo a tradição, passa a ser o primeiro dos grandes clubes nacionais a firmar acordo de naming rights com seu estádio, o Allianz Parque.

Com uma das arenas mais modernas e bonitas do mundo, o Palmeiras investiu pesado no marketing do seu programa de sócio-torcedor. Conseguindo tocar o coração do palmeirense (com direito a comerciais veiculados na principal emissora de televisão do país), em poucos meses, o clube, de maneira fenomenal, alavancou seu número de sócios, atingindo hoje a marca de mais de 105.000, atrás apenas do Internacional de Porto Alegre, que possui atualmente cerca de 130.000 sócios-torcedores.

Com esse aumento arrebatador em seu quadro de associados, o Palmeiras consegue fidelizar o seu torcedor e ficar menos refém de um bom desempenho dentro de campo para fins de bons públicos. Uma coisa acaba levando à outra. É um ciclo que tende a organizar todos os setores do clube enquanto instituição. Por exemplo, como consequência desse boom do programa de sócio-torcedor, foi possível atrair patrocínios e parceiros diversos, mantendo hoje a camisa mais valiosa do país, ultrapassando uma marca histórica de R$ 50 milhões pelos espaços anunciados. E, ainda, com a maior arrecadação de renda de público dentre todos os campeonatos estaduais.

Com tudo isso e pelo que o mundo do futebol mostra, pode esperar torcedor palmeirense, ventos soprarão a favor. Elementos não faltam para tanto.

AVANTI, Palmeiras.

Nostalgia e rabo preso: males do sucesso
O Corinthians e o irresistível coletivo

Escrito por:

- possui 38 artigos no No Ângulo.

Administrador de empresas em São Paulo, é também jogador nas horas vagas. Amante da redonda, acredita no poder do futebol em agregar as pessoas, aproximar os amigos e unir a família. Com ele, a resenha está garantida.


Entre em contato com o Autor

4 respostas para “AVANTI, Palmeiras”

  1. Jefferson disse:

    O Palmeiras realmente parece estar no caminho certo. Como bem disse o Gabriel em uma de suas últimas colunas daqui do site, o Palmeiras pode ainda não ganhar campeonato esse ano, mas tem tudo pra colher os frutos do que tem feito em curto prazo.

    • Gabriel Rostey Gabriel Rostey disse:

      E ainda se reforçou com o Egídio, lateral-esquerdo ex-Cruzeiro. Imagino que no meio do ano deve ter mais um ou outro reforço, falam no Ricardo Oliveira, etc…

      Imagino que no começo da temporada 2016 o elenco já será bem mais forte do que agora.

  2. Rafael Leite disse:

    Sim, o Palmeiras parece reencontrou seu caminho e tem tudo para voltar a disputar títulos. Apenas lembrem-se que depois da tempestade…..há que se limpar e consertar os estragos feitos pela enxurrada….e pelos lados palmeirenses foram mtoooos anos de tempestade castigando o clube.

    • Fernando Prado Fernando Prado disse:

      Exato, Rafael. Que torcida e diretoria tenham paciência nesse projeto, que deve ser de médio a longo prazo. Sem imediatismos.


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano é especialista em política urbana. Com formação em gestão do esporte, também encara apaixonadamente o futebol como fenômeno cultural.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados