Sobre o “fim” do Esporte Interativo. E mais

Leio e ouço que a Fox vai cobrar de quem quiser ver da poltrona, regado à cervejinha e pipoca, os jogos do Campeonato Espanhol (um dos melhores, graças à quantidade de craques importados). E, claro, vejo o pessoal que curte Leia mais… »

“Não vivo de finanças, vivo de títulos”. Até quando?

Dia desses li uma mensagem no Twitter dizendo algo como “Não me interesso por essas notícias de conta em banco, finanças. Meu negócio é título” Bem, estamos em 2018, a Europa engolindo nosso futebol, os clubes brasileiros imersos em dificuldades Leia mais… »

De Ronaldo a Romero, o impacto do marketing que suplanta a bola

No último domingo, o atacante paraguaio Angel Romero chegou à marca dos 37 gols com a camisa corintiana, superando assim os números de Ronaldo, que parou nos 35. Ronaldo jogou dois anos pelo Timão, e comemorou os títulos paulista e Leia mais… »

Cala a boca, Neymar!

A sabedoria milenar ensina que “há o tempo de calar e há o tempo de falar” Se Neymar e seu estafe tivessem refletido sobre essa frase, certamente teriam evitado o constrangimento do comercial divulgado esta semana, em que ele tenta Leia mais… »

O Brasil não é o “Dream Team” do futebol

Protagonista, sim. Hegemônico, não. Perde-se no tempo a origem do dito popular “uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa”. No mundo do futebol, há quem a atribua ao folclórico ex-presidente corintiano Vicente Matheus, como também há quem Leia mais… »