Dia do Goleiro: tal pai, tal filho

Créditos da imagem: TalkSport.com

26 de Abril, data na qual comemora-se a profissão mais ingrata do mundo: ser goleiro.

Ingrata pois basta um pequeno deslize para que seja condenado para sempre. Para que seja lembrado negativamente por uma torcida. Que entra para a lista negra de um time.

O goleiro é solitário. Quando faz o gol, que é a sua defesa, ele comemora sozinho e muitas vezes em silêncio. Ele é o único com o direito de pegar a bola com as mãos, mas também é o único proibido de errar. Come poeira, rasteja na grama, fica cheio de lama. Pode ser herói, vilão, protagonista e coadjuvante no mesmo filme. Diferente dos outros jogadores em campo, os goleiros fazem milagres e alguns têm a honra de ser considerados santos, guardiões, protetores ou deuses.

Existem inúmeros guardadores de redes incríveis mundo afora, inúmeras defesas inesquecíveis, frangos que mudaram o caminho de uma partida e histórias para se contar. Mas hoje, uma delas faz mais sentido que qualquer outra. A história de Peter e Kasper Schmeichel.

Eles são pai e filho. Peter foi goleiro da seleção da Dinamarca em 1992 e do Manchester United em 1999, consideradas grandes equipes do futebol mundial nessas épocas. Por isso, é considerado um dos maiores goleiros de todos os tempos. Em 92, foi o paredão da famosa Dinamáquina e peça essencial na conquista da Eurocopa, neste mesmo ano, Peter foi reconhecido como melhor goleiro do mundo. Enquanto jogava a Premier League, fez defesas impossíveis, agarrou uma bicicleta à queima roupa, tinha seus melhores momentos em clássicos, era elástico e ainda fazia gols. O goleiro dinamarquês fez 13 gols em sua carreira, que na verdade, deveriam ter sido 14 caso tivesse marcado um gol de bicicleta pelo Manchester United na FA CUP de 1997.

São números incríveis, vídeos inacreditáveis e um perfil de liderança exímio. Mas o mais surpreendente de Schmeichel, é seu filho. Kasper Schmeichel, atual goleiro do surpreendente Leicester City. O jovem foi revelado no Manchester City e sempre sofreu muito por ser o filho do lendário Schmeichel. Kasper passou por vários clubes da Inglaterra até chegar no Leicester, e logo que chegou, o goleiro se sentiu humilhado e muito decepcionado com o antigo clube por ter sido vendido para a casa nova. Hoje, com certeza, ele se arrepende dessa declaração, pois é um dos principais responsáveis pela promoção à Premier League, permanência nas primeiras colocações por toda temporada e agora, a briga pelo título inglês. A campanha dos Foxes já entrou para a história do futebol e Kasper também já está escrevendo, de forma brilhante, sua parte nela. O que já está trazendo resultados para o goleiro, visto que os principais clubes da Premier League estão na disputa pela contratação do novo Schmeichel, inclusive o clube de seu pai: Manchester United. A ideia dos Red Devils é que Kasper seja o substituto de De Gea e siga os passos de seu pai. Além disso, alguns boatos recentes surgiram sobre a ida do goleiro do Leicester para o Barcelona, e a oferta dos catalães teria sido de 20 milhões de euros.

Que Kasper Schmeichel herdou o talento do pai é fato, difícil mesmo é saber se a torcida do Leicester vai permitir que seu grande ídolo vá embora após o possível (e incrível) título da Premier League.

3 comentários em: “Dia do Goleiro: tal pai, tal filho

  1. Essa história é mesmo incrível, Sarah Tonon! E outra coisa que me impressiona neste caso é o pouco espaço de tempo entre um e outro. Até existem outros casos de pai e filho no futebol, como Domingos e Ademir da Guia, Djalma Santos e Djalminha, mas há apenas 17 anos o Peter Schmeichel ainda atuava em primeiríssimo nível, e agora o filho já está prestes a ser campeão inglês 😉

    1. Verdade! Outras coincidências envolvem a relação deles, como a convocação precoce para a Eurocopa, Kasper será o novo substituto do goleiro dinamarquês que, inclusive, substituiu seu pai anos atrás.
      Sem contar o incrível fato do possível título de Kasper da Premier League, que poderá ser comemorado no estádio onde seu pai fez história, o Old Trafford.

Deixe sua opinião e colabore na discussão