W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

E se Cleiton Xavier (novamente) não der conta do recado?

untitled

Créditos da imagem: Esporte Interativo

O Palmeiras teve, em 2015, um ano bastante peculiar.

Embora os resultados obtidos possam ser considerados ótimos, principalmente para o primeiro ano de um novo projeto, já que a equipe foi vice-campeã estadual e levantou o troféu da Copa do Brasil vencendo na final o então favorito Santos (que garantiu o clube em mais uma Libertadores), o futebol praticado deixou a desejar, a ponto do trabalho do técnico Marcelo Oliveira ser bastante questionado interna e externamente.

As ligações diretas e a insistência com as jogadas aéreas evidenciaram aquele que foi (e ainda é) o maior problema do time: a ausência de um organizador de jogadas, de um cérebro pensante na meia cancha, no estilo de Lucas Lima, Jadson e Ganso. Alguém capaz de ditar o ritmo e funcionar como termômetro dos companheiros dentro de campo.

Pois bem. Se Cleiton Xavier, contratado a peso de ouro para ser o grande jogador do time em 2015, voltar a ser o que foi em sua primeira passagem pelo Alviverde (2009/2010), o problema estará resolvido. E essa parece ser a aposta do clube, após a dificuldade em contratar os “maestros” Everton Ribeiro (velho conhecido de Marcelo Oliveira dos tempos de Cruzeiro) e Lucas Lima.

O problema é que Cleiton Xavier não dá sinais de que vá corresponder. Em que pese o período no qual esteve lesionado, quando atuou, não fez sequer uma grande partida e, pior, pareceu desmotivado e desinteressado. Tomara consiga entrar em forma, retomar a carreira e ser a solução caseira que os palestrinos tanto desejam.

De qualquer forma, o Palmeiras está encorpado para 2016 e tem tudo para fazer um ano melhor, sobretudo no que diz respeito à qualidade do futebol jogado. A pré-temporada sob o comando de Marcelo Oliveira, aliada a algumas boas contratações (Edu Dracena, Erik e, possivelmente, Jean), mais o entrosamento do plantel (que não sofreu qualquer perda relevante e ainda poderá contar com o importante Gabriel, recuperado de lesão) e ao amadurecimento de jovens valores como Gabriel Jesus e Matheus Sales, podem dar samba.

E segue o jogo.

Falta de dinheiro, Série B, estádios fechados: ano de dificuldades para os times cariocas
Eles tinham Messi

Escrito por:

- possui 223 artigos no No Ângulo.

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

Entre em contato com o Autor

25 respostas para “E se Cleiton Xavier (novamente) não der conta do recado?”

  1. Caio Di Rienzo disse:

    Tenho esperança de que Régis conseguirá desenvolver seu futebol e ser o “Éverton Ribeiro” do Verdão. Grande abraço, Fernando. Acompanho sempre suas belas colunas.

    • Fernando Prado Fernando Prado disse:

      Obrigado, Caião! Eu só fico meio em dúvida se um reserva do Sport pode ser “o cara” do meio de campo do Palmeiras! Mas que ele tem talento na canhota, isso tem mesmo! Vamos ver no que dá! 😉 Abs

  2. Luis Paiva disse:

    Aí pode enterrar porque não presta mais não só quer ganhar dinheiro sem fazer nada na vida é um Valdivia da vida

  3. tem que dar outra camisa a ele a 10 esta com a maldição de valdivia kkkkk

  4. Já falei sobre essa situação, em outro site aí, mas me criticaram dizendo que estou zicando antes da hora. Mas a verdade é que estamos na libertadores, e lá vacilou dançou e sem meia de armação não tem como passar

    • Wesley Arruda disse:

      Verdade mas tem torcedores q pensa ao cobtrario se o verdao tem um bom armador ate mesmo o Gabriel Jesus dudu barrio esse erik vao valorizar mais tem q ter podia ser um igual o alex do internacional so vai ensinar mais a molecada da frente o regis nao posso falar dele nao sei como joga mas jogador q e bom em time pequeno muitas vezes nao destaca em time grande espero q ele seja bom e cale a minga boca

    • Tbm torço pela molecada, mas libertadores é pra jogador mais experiente, como VC disse ali espero que eles calem minha boca, mas com a grana que tem em caixa deveriam pensar em ter um jogador pra dar segurança pro elenco e pra torcida, pra servir como referência mesmo. Um Alex seria o ouro, ou Diego que era do santos

  5. Meu amigo se o guarani do paragua q n tinha time de criação elimino os gámba e chego nas 4 nos podemos chegar mt mas Deus vai nos ilumina como fez na copa do brasil a quelas bolas na trave foi a mão de Deus

  6. Palmeiras campeao da libertadores 2016 anotem isso..

  7. Tem q mandar logo embora junto com Filipe Gabriel

  8. o cara é bom gente.
    pode escrever aí esse vai ser o nome do verdão esse ano…

  9. Ele vai dar a volta por cimar..eu agrito no Cleiton Xavier…nossa torcida so reclama…em vez de apoiar…forca Cleiton Xavier..vc vai ser o nosso camisa 10

  10. Fabio Silva disse:

    Tem o Vitinho no júnior simples

  11. o problema do cara é fisico, jogar bola ele sabe. Agora com um boa pré temporada completa tem tudo pra fazer um grande ano

  12. bom jogador esse tudo vai da certo mano

  13. Não agora vai esse vai ser o ano dele e de todos nois nação verde

  14. Wiler Santos disse:

    Procura alguem la no Cruzeiro

  15. Léo LX disse:

    Cara um clube grande desse tinha q ter mais armadores pq o Cleiton bom jogador mais precisamos pra agora. No momento so tem o Robinho.

  1. […] Marcelo Oliveira dessa vez fez a pré-temporada com a equipe, e muito provavelmente realizou bons ajustes táticos no time que tem, em 2016, um elenco ainda mais qualificado após as chegadas de Edu Dracena, Erik e […]


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano atua e segue aprofundando estudos nas suas principais paixões: futebol e cidades. Especialista em gestão do esporte, como jornalista também encara o futebol como fenômeno cultural.

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados