Eu acredito: vai dar Galo no Brasileirão 2015

Créditos da imagem: LANCE!NET

Não gosto dessa coisa de escolher um favorito para um torneio, ainda mais com apenas alguns jogos disputados. Mais ainda no Campeonato Brasileiro, equilibrado na essência. Normalmente cito uns três, quatro ou dez. Mas vou fazer diferente dessa vez e cravar no Atlético Mineiro como campeão brasileiro de 2015.

A forma que o Galo joga me conquistou definitivamente no último domingo, enquanto assistia ao passeio contra o Vasco no Horto. Verdade que o cruz-maltino tem um time muito inferior, não vai lutar pelas primeiras posições e não será um concorrente direto para o Atlético. Mas não dá pra ignorar a maneira que o time de Levir se impôs.

A ofensividade começa quando o treinador abre mão de jogar com um volante puramente marcador, entrando em campo com apenas um da posição originalmente, que tem recursos para jogar com a bola. Fazendo o meio, quase como um daqueles clássicos europeus “box-to-box”, o “engache” argentino que ataca e defende. Na frente deles, três armadores que dão rapidez e fluidez incessante ao ataque e um centroavante típico, mas com ótima movimentação. Lá atrás, um bom goleiro já beatificado e zagueiros que estão em excelente fase.

Enfim, um time para ser campeão. Que joga para ser campeão. Que pode ser campeão.

Num piscar de olhos, o Atlético fazia dois gols no Vasco e o primeiro tempo encerrou com três na conta. Parecia que viria uma goleada histórica, que acabou não acontecendo. O Vasco conseguiu se defender um pouco melhor, o Galo, em tarde de má pontaria de Pratto, abusou de perder gols e o resultado acabou mesmo 3 a 0. Saiu barato para o time de Doriva.

Aos torcedores atleticanos, a vitória reforça a já conhecida superioridade do time quando joga em casa. Desde que começou a jogar na nova Arena Independência, o Galo é quase imbatível. Intenso, parte para cima do adversário o tempo inteiro. É normalmente muito superior.

Aos rivais, o Atlético manda a mensagem de que continuará fazendo do Horto seu alçapão. Pelo que vimos até agora no ano, poucos times conseguirão resistir ao alvinegro. Fora de casa, ainda falta achar a forma de jogar ideal. Mas parece não estar longe, principalmente se analisarmos o bom joga contra o Inter no Beira-Rio. O jogo contra o embalado Avaí promete ser um bom teste.

Verdade que ainda falta muito. Virá a janela de transferência, a fase de jogos quarta-e-domingo que exige elenco homogêneo, alguns dos outros considerados favoritos deverão reagir. Mas hoje vejo o Galo maduro psicologicamente, e não só como time, mas também como clube. Afinal, vem numa sequência que talvez seja a melhor de sua centenária histórica em termos de títulos. Em 2013, a tão sonhada Libertadores. Em 2014, a Copa do Brasil de maneira brilhante. Em 2015, o Atlético Mineiro pode e merece conquistar o título.

E eu dessa vez, como diz a torcida do Galo, “eu acredito”.

7 comentários em: “Eu acredito: vai dar Galo no Brasileirão 2015

Deixe sua opinião e colabore na discussão