Grêmio dentro. Botafogo e Santos fora

Créditos da imagem: Pedro H. Tesch/Agência Estado

Foi suado. O Botafogo de Jair Ventura e Bruno Silva vendeu caro a classificação, mas no final venceu o time com mais talento e tradição na competição (gol da vitória marcado pelo ex-palmeirense Barrios).

Grêmio e Botafogo (além do Corinthians) são as equipes mais bem treinadas do futebol brasileiro na temporada e fizeram, como era de se prever, um duelo duro e equilibrado.

Parabéns a Renato Gaúcho (será que ele está errado mesmo em poupar jogadores no Brasileirão? O RESULTADO, sempre ele, na Libertadores é que vai definir. No ano passado, o treinador adotou a mesma postura e conquistou a Copa do Brasil. Está sendo coerente e fiel ao que já deu certo, portanto) e parabéns ao “milagreiro” Jair Ventura (hoje o melhor nome para qualquer clube iniciar um novo projeto em 2018 e que, por isso, deverá ser bastante cobiçado a partir de dezembro).

Agora o Grêmio enfrenta o Barcelona, que merecidamente eliminou o Santos. Melhor nas duas partidas (em casa e na Vila), o time equatoriano acabou com o sonho santista de ganhar pela quarta vez a competição e o colocou no devido lugar. Explico: em 2017, seja com Dorival, seja com Levir, a verdade é que o Santos – embora competitivo e com bons números – em nenhum momento convenceu. O único ponto positivo que fica é a consolidação de Vanderlei, hoje devidamente reconhecido pelo grande público. Bruno Henrique poderia ser outro, mas pode ter colocado tudo a perder após a cusparada de ontem. A ver como imprensa, torcida e o próprio jogador reagirão ao deplorável ato.

Cabe ao Peixe juntar os cacos, tentar a classificação para a Libertadores do ano que vem e dar uma mexida no elenco, pois a base, que desde 2015 está “nas cabeças” em tudo que disputa, é boa. Penso que a manutenção de Lucas Lima deveria ser prioridade, assim como a contratação de um grande camisa 9 para substituir Ricardo Oliveira, já na curva descendente da carreira. Ah, como Barcos, quase contratado em janeiro, teria sido útil ao Santos!

E segue o jogo.

Leia também:

Análise: Barrios tem tudo para dar certo no Grêmio

Análise: com feitos relevantes nesta edição, Barcelona de Guayaquil deve dificultar a vida do Santos nas quartas da Libertadores

3 comentários em: “Grêmio dentro. Botafogo e Santos fora

  1. No Futebol não existe justiça,mas esse Botafogo,merecia ir mais adiante pela bravura,time brioso demais,alias ontem o jg foi difissilimo…já o Santos(sou Santista),é UM LIXO,foi ate onde os proprios jogadores nem acreditaram,q poderiam chegar tal ruindade do time……qd um time depende dos milagres do goleiro…tem algo errado,mas olhando para o lado positivo a gente torce agora para não cair,e quem sabe a gente consegue uma Sul Americana????

  2. O SANTOS FOI HORROROSO ONTEM

    SEM LUCAS LIMA NÃO DÁ

    QUEM SE DEU BEM FOI O GRÊMIO, QUE VAI PEGAR O BARCELONA NO PRIMEIRO JOGO SEM O CAMISA 9, QUE É MUITO BOM E CATIMBEIRO

    (ELE E O VOLANTE DO TIME FORAM EXPULSOS E ESTARÃO SUSPENSOS)

  3. A verdade é que só o Grêmio teve chances de ganhar essa Libertadores entre os brasileiros!!!!!!!!!!!!!!!!!! O Botafogo, se passasse pelo Grêmio, ficava no próximo desafio!!!!!!!!!!!!!!! Alguém imagina algum time brasileiro fazendo o que o River fez ontem?????????????? Estamos muito mal!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe sua opinião e colabore na discussão