Miticamente doido!

Créditos da imagem: O Povo

A Série A agradece a Lisca e Ceni

O Campeonato Brasileiro reflete a situação do nosso futebol e se torna pior a cada dia que passa.

Das poucas coisas que ainda o salvam, estão os clássicos, que, com raras exceções, colocam fogo no campeonato e convidam o torcedor ao estádio.

Já é certo que no ano que vem teremos todos os clássicos paulistas, além de Cruzeiro e Atlético e Grêmio e Internacional. O que ainda não se sabe é se todos os cariocas se salvarão, haja vista a terrível situação em que se encontram Vasco e Fluminense.

Infelizmente, não teremos no próximo ano o querido Ba-Vi, já que o Vitória, após mais uma péssima temporada, não conseguiu se segurar e disputará a Série B em 2019.

Mas o mais legal de tudo é que no ano que vem Fortaleza, a capital do Ceará, ficará ainda mais gigante quando seus maiores clubes se reencontrarão na Primeira Divisão nacional depois de duas décadas e meia.

Sim, esta será a primeira vez em que ambos os times estarão na Série A do Brasileirão disputado por pontos corridos.

Apesar de terem se enfrentado no Módulo Amarelo da Copa João Havelange, que dava ao vencedor o direito de disputar o título nacional, é desde 06 de outubro de 1993 que a capital não vê um confronto entre dois dos maiores times do Nordeste.

Pela possibilidade de vermos estes grandes jogos, devemos agradecer a Rogério Ceni, que fez trabalho espetacular com o Fortaleza no título da Série B, e a Lisca Doido, que salvou um Ceará aparentemente fadado ao rebaixamento.

É uma pimenta a mais no nosso fraco campeonato, pois, além de dois jogos de estádios lotados, também haverá a briga constante por posições na tabela.

Os clássicos encantam nosso futebol e, certamente, a capital Fortaleza já está pegando fogo uma hora dessas.

Dá para imaginar como ficará no ano que vem? Vencer e ficar a frente do rival será uma grande e histórica vitória.

 

Fonte consultada: O Povo (LEIA AQUI)

Um comentário em: “Miticamente doido!

Deixe sua opinião e colabore na discussão