Na “decisão” contra o River, o Morumbi vai ficar pequeno

Créditos da imagem: Portal Terra

Morumbi lotado, noite de quarta-feira, Copa Libertadores da América… Cenário perfeito para o confronto entre dois clubes tricampeões do torneio.

Mais de 65 mil pessoas são esperadas para ver São Paulo x River Plate, pela 5ª e penúltima rodada da fase de grupos.

Com 40 mil ingressos vendidos antecipadamente, certamente o recorde de maior público da atual temporada do futebol brasileiro (o do Gre-Nal, com 44.839 mil pagantes) será batido.

Aliás, é impressionante a relação São Paulo-Libertadores-Morumbi, já que até aqui a média de público do Tricolor na temporada é de apenas 12.331 pagantes.

O “Soberano” precisa e muito da vitória, para poder jogar pelo empate contra o The Strongest, na altitude de La Paz.

Já os “Millionarios” estão em situação mais tranquila, pois na última rodada recebem o modesto e eliminado Trujillanos/VEN.

Edgardo “Patón” Bauza deve repetir a escalação que goleou os venezuelanos. Mesmo que provavelmente no banco, teremos a presença emblemática de Diego Lugano. O uruguaio é o único remanescente da épica classificação são-paulina sobre o River em 2005, pelas semifinais da Libertadores daquele ano.

Pelo lado do River, destaque para o sempre perigoso e catimbeiro D’Alessandro.

Importante ressaltar que as duas equipes se mostram muito irregulares na temporada. O São Paulo se classificou em 2º lugar no grupo do Paulistão e ainda não venceu nenhum clássico. Já o River Plate está muito mal no Campeonato Argentino, tendo vencido apenas dois dos seus 10 jogos e está em 10º na chave que conta com 15 equipes.

Mas tudo isso será deixado de lado quando o vermelho, o preto e o branco que estampam os tradicionais uniformes desses dois gigantes sul-americanos se cruzarem. E para esse encontro sensacional, nada melhor que o mítico gramado do clube que é a cara da Libertadores.

INFORMAÇÕES:

SÃO PAULO X RIVER PLATE/ARG, 21:45h

MORUMBI, COPA LIBERTADORES, 5º rodada, Grupo 1

SÃO PAULO: 3º colocado, 5 pontos, 4 jogos, 1 vitória, 2 empates, 1 derrota, 8 gols pró, 3 gols contra, saldo 5

RIVER PLATE: 1º colocado, 8 pontos, 4 jogos, 2 vitórias, 2 empates, 0 derrota, 12 gols pró, 2 gols contra

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:

SÃO PAULO
DENIS; BRUNO, MAICON, RODRIGO CAIO E MENA; JOÃO SCHMIDT, HUDSON, GANSO E MICHEL BASTOS; KELVIN e CALLERI

RIVER PLATE
BAROVERO; MERCADO, MAMMANA (CASCO), BALANTA E VANGIONI; DOMINGO, MAYADA, NACHO FERNANDES E D’ALESSANDRO; MORA e ALARIO

ÁRBITRO: ANDRES CUNHA/URUGUAI

OPINIÃO:

Duas equipes irregulares. O River, mesmo com boa campanha na Libertadores, não é mais aquela equipe que ganhou tudo na América do Sul. O São Paulo parece lutar com suas próprias neuroses, problemas internos. Acredito que se o Tricolor controlar os nervos e o trio Ganso, Bastos e Calleri estiver em uma noite inspirada, dá São Paulo. O River é copeiro e experiente, mas o elenco são-paulino tem mais qualidade e o fator campo deve prevalecer.

 

Veja também:

Será que Bauza supera a maldição dos estrangeiros? 

Quer polêmica? Fale de Ganso

São Paulo ainda pode acreditar na Libertadores

Um São Paulo com paixão

A “Experiência Calleri”

Lugano! Lugano! Lugano!

9 comentários em: “Na “decisão” contra o River, o Morumbi vai ficar pequeno

  1. O Morumbi vai ficar pequeno e o São Paulo vai crescer na hora certa na Libertadores. Explico: mesmo com o time sem dar motivos para tanto, acredito na classificação do Tricolor Paulista, até pela fragilidade do The Strongest, o rival direto na luta pela segunda vaga (e sim, estou considerando que o jogo decisivo será na temida altitude de La Paz). 😉

  2. Excepcional novamente meu amigo Tupã, como um bom São Paulino acredito na vitória do meu Tricolor, depois de uma noite mal dormida não vejo a hora de ver a pelota rolar. Valeu!

Deixe sua opinião e colabore na discussão