O fim está próximo: uma final de Champions League como ninguém nunca viu

Créditos da imagem: Blog do Julio Gomes

Nunca nos disseram que o fim estava próximo e que o início de junho seria possivelmente os últimos dias de nossas vidas. Seria comum para aqueles que já sobreviveram à virada do milênio, ao 11/11/11, a 2012 e a outros tantos últimos dias da humanidade. Mas nada pode se comparar a Cardiff, 03 de junho de 2017.

Seria ingênuo achar que tudo acontecerá normalmente neste dia. Há lugares na Terra que sofrem impactos energéticos diferenciados. Cardiff estará no pico.

De um lado, um time que papou duas das últimas três finais europeias, retomou o topo de seu país após seis anos, tem o melhor jogador do mundo – e um dos melhores da história – e o ataque mais letal dos últimos tempos. Do outro, o significado de consolidação: dono de seu próprio país, com a defesa mais impenetrável do mundo, com o melhor goleiro de todos os tempos e com uma sede de suor e vitória, depois de ter perdido há dois anos a sua última final europeia.

Real Madrid e Juventus farão um duelo histórico. São, sem sombra de dúvidas, os dois melhores times da Europa, consolidados, vitoriosos, fortes e mortais. Chegam à final depois de uma trilha de pedras e espinhos, contra adversários máximos do cenário futebolístico europeu.

Justo.

Justíssimo.

O Real, em busca da duodécima, não é eliminado numa Champions League desde que perdeu exatamente para Juventus em 2015. A Juve, bicampeã, tenta enfim levantar o caneco após três vices consecutivos, sendo o primeiro deles, em um 1 a 0 disputadíssimo contra o mesmo Real Madrid, em 1998.

Juve e Real, que abrigaram um dos maiores camisas 10 da história, o francês que agora treina os merengues.

Juve e Real que contam com Buffon e Ronaldo; Marcelo e Dani Alves; Bonucci e Benzema; Dybala e Kross; Higuain e Ramos, Allegre e Zidane.

Será épico!

Dia 03 não haverá máquinas em funcionamento, nem compromissos a serem cumpridos. Cardiff será o centro do mundo – e do fim dele. Chegou a hora de uma final de Champions League como nem eu, nem você, nem ninguém nunca viu.

6 comentários em: “O fim está próximo: uma final de Champions League como ninguém nunca viu

  1. Que jogo! E o Daniel Alves, hein?! Será que tem ALGUMA chance de concorrer a melhor jogador do mundo caso a Juve ganhe com um golzinho dele à-la Juliano.Belletti? 😀

  2. Eu estou esperando uma partida mais amarrada e com fortes chances de 1 x 0 decidir!

    PS: só não tenho certeza sobre serem as duas melhores equipes da Europa mesmo. Acho que o Bayern está no bolo, e foi muito prejudicado pela arbitragem contra o Real, senão poderia mesmo ter passado.

Deixe sua opinião e colabore na discussão