W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

O melhor futebol do Brasil é o dos gaúchos?

Processed with Moldiv

Créditos da imagem: Montagem/No Ângulo

Quem vê a classificação dos times no Campeonato Brasileiro e observa o comando da Seleção Brasileira chega fácil a uma conclusão: os técnicos gaúchos são os reis do Brasil.

Afinal, o gaúcho Tite é o comandante do líder Corinthians; o gaúcho Roger manda no Grêmio, que está em segundo; à frente do Internacional, o terceiro, está o gaúcho Argel; e ainda temos o paranaense-gaúcho Cuca, do quarto colocado Palmeiras. O técnico da Seleção é o gaúcho Dunga, que sucedeu o gaúcho Felipão “7 a 1”, que pegou o lugar do gaúcho Mano, que por sua vez entrou no lugar do gaúcho Dunga.

Ou seja, eles estão mandando há tempos. E têm em comum o fato de formarem times fortes na defesa e com meio-campo bem armado, compacto. Um futebol feio quando é preciso, mas muito eficiente.

Será que cariocas, paulistas e mineiros não podem fazer frente com suas escolas? Provavelmente podem. Mas seus representantes, em sua maioria, não estão no mesmo nível. Nomes como o carioca Luxemburgo e o paulista Muricy (este bastante influenciado pelo futebol força) já foram estrelas maiores, mas estão meio apagados ultimamente. Novos surgem, mas ainda precisam de quilometragem, como Jorginho e Ricardo Gomes.

Até meados dos anos 80, quando o Brasil jogava o futebol aberto e baseado no talento, a escola gaúcha era mais restrita ao sul do país. Arrisco a afirmar que foi a partir da derrota do futebol-arte de 82 que se abriram as portas do resto do país para o futebol que une a atual pouca habilidade com o estilo de muita força.

Não há como negar que nosso futebol mudou muito nos últimos 35 anos. E isso acontece desde as escolinhas dos clubes. Mais tática, menos fundamentos e quase nada de talento puro, dribles e improvisos geniais. Ficamos mais fortes e previsíveis.

Dentro deste quadro, é natural que o perfil dos treinadores seja adaptado. E que as melhores colocações nos campeonatos nacionais e o comando da Seleção obedeça a esta lógica. Claro que isso agrada a muitos. Os saudosistas ou defensores de outros estilos precisam se reciclar e formar outras opções competitivas. Caso contrário, ainda durará muito o reinado do futebol-força e de seus adeptos.

Palpites da 7ª rodada do Brasileirão 2016
De 7 x 1 em 7 x 1, tudo continua na mesma...

Escrito por:

- possui 102 artigos no No Ângulo.

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.


Entre em contato com o Autor

7 respostas para “O melhor futebol do Brasil é o dos gaúchos?”

  1. É, Lena Annes? Hehehe

  2. Vicente Prado (Coluna do Leitor) Vicente disse:

    Os gaúchos têm alma e são competitivos, por isso essa “aura” de vencedores.

    E isso é especialmente valorizado em época de vacas magras do futebol brasileiro… Vivemos, atualmente, uma verdadeira entressafra de craques…

  3. Chico Chico disse:

    Você entende de futebol?
    A maior vergonha que a que a seleção Brasileira já sofreu foi com um técnico gaúcho no comando!
    E estamos passado por isso novamente os brucutus que só tentam armar os seus times na defesa! Só sabem andar para traz!

  4. Carllos Csr disse:

    Tirando o burro do dunga e o lixo do felipão.” Sim !”.
    no memento atual, roger, argel, tite e cuca, mas tite vem sendo o melhor a alguns anos.

    • Chico Chico disse:

      Se seguir a tradição gaúcha como técnico da seleção Brasileira estamos é fritos Felipão dua vezes não vingou Dunga duas vezes não vingou Mano meneze foi um desastre!
      Futebol da retranca dos brucutus!


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano é especialista em política urbana. Com formação em gestão do esporte, também encara apaixonadamente o futebol como fenômeno cultural.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados