O que esperar do Brasileirão 2018

Créditos da imagem: Marcos Ribolli / GloboEsporte.com

Equilíbrio e imprevisibilidade.

Calendário cheio. Até pela pausa da Copa do Mundo.

Treinadores mais novos ganhando cada vez mais terreno (e os medalhões, como consequência, perdendo). Prenúncio de modernização tática?

Excesso de vagas para competições sul-americanas, que acabam por vulgarizar a disputa.

Arbitragens polêmicas.

Grandes deslocamentos/viagens em um curto espaço de tempo.

O Internacional de volta à Série A.

Dois jogadores de um mesmo time – o Grêmio – apontados pela maioria (ao menos da nossa equipe) como os principais candidatos a craque da competição. São eles Arthur e Luan (mas há também quem aposte em Thiago Neves, Rodriguinho, Bruno Henrique e até os jogadores de defesa Geromel, Balbuena e Vanderlei).

Carille ou Renato Gaúcho: quem se consolidará como o herdeiro do trono de Tite em gramados brasileiros?

Palmeiras e Flamengo crescendo bastante em estrutura e “poder de compra”, mas apenas o primeiro aparecendo como candidato ao título (e mesmo assim sem apresentar um nível de atuação notoriamente superior ao dos rivais, como seria razoável supor diante do alto investimento realizado).

Vinícius Júnior: um “mico” ou um “golpe de mestre” do Real Madrid?

Rodrygo: um “novo raio” ou uma “nuvem passageira”?

E Gabigol?

A conferir tudo isso e muito mais.

Que comece o espetáculo!

E segue o jogo.

*Estas linhas foram pinçadas de uma conversa via WhatsApp entre os membros do No Ângulo

 

9 comentários em: “O que esperar do Brasileirão 2018

  1. Uma pena que a nossa principal competição comece assim, sem destaque nenhum, uma semana depois das decisões dos estaduais e em meio à Libertadores!

    Para mim Grêmio e Palmeiras são, nessa ordem, os favoritos desta vez! Ainda que Corinthians, Cruzeiro e outros tenham chances, vejo aqueles dois com tudo para disputarem o título. A conferir!

  2. Veremos o mesmo futebolzinho ridiculo de sempre. Muita transpiraçao e pouca inspiração. E assim caminha o sofrível futebol brasileiro. Bom dia

Deixe sua opinião e colabore na discussão