Palpites da sétima rodada do Brasileirão 2015

Créditos da imagem: uol.com.br

Atlético-MG x Santos

Se em situações normais o Atlético já seria favorito jogando em casa, enfrentando o Santos sem Robinho isso se potencializa ainda mais e a vitória mineira tem tudo para se concretizar. Caso sejam escalados, Neto Berola (hoje no Santos) e Thiago Ribeiro (no Atlético) poderão mostrar serviço contra suas ex-equipes.

Corinthians x Internacional

Embora ambos venham de vitória, imagino caminhos distintos para os clubes na competição. Enquanto a tendência do Corinthians parece ser de queda, com jogadores de saída e clima de “fim de feira”, o Internacional está confiante após ser o único brasileiro sobrevivente na Libertadores e tem elenco numeroso e qualificado para tentar disputar o título de todos os campeonatos que disputar. Considerando que a partida será no estádio de Itaquera, opino pelo empate.

Coritiba x Flamengo

Duelo de duas equipes atualmente niveladas por baixo. Pelo fator motivacional – o clube paranaense acaba de acertar o retorno do técnico Ney Franco – e por jogar em casa, acredito que dá Coritiba.

Chapecoense x São Paulo

Embalado, o São Paulo de Osorio tem o desafio de repetir fora de casa o bom desempenho que vem tendo quando atua no Morumbi. A equipe de Chapecó costuma ser forte e difícil de ser batida jogando em seus domínios, mas acho que o tricolor paulista dará mais um passo rumo ao topo da tabela com uma difícil vitória.

Vasco x Cruzeiro

Como era esperado pela sua imediatista diretoria, o Cruzeiro reagiu com Luxemburgo e conseguiu bons resultados desde que o ex-técnico do Flamengo assumiu a equipe. A grande questão é se esse crescimento será sustentável. De qualquer forma, diante de um dos sérios candidatos ao rebaixamento, o Vasco, tem tudo pra embalar na competição com mais uma vitória fora de casa.

Sport x Joinville

O Sport se manterá no G4 do Brasileirão (podendo até chegar à vice-liderança, dependendo dos outros resultados da rodada) com uma fácil vitória sobre a equipe mais frágil do torneio. A continuar nesse ritmo, o Joinville (cinco derrotas e um empate) poderá fazer campanha das mais negativas da história da competição.

Ponte Preta x Goiás

A Ponte de Guto Ferreira (como um time grande ainda não o contratou?) e do melhor jogador do campeonato até o momento – Renato Cajá – ganhará do Goiás, que está em queda desde a inesperada vitória fora de casa contra o Palmeiras e dará continuidade à brilhante campanha que vem fazendo nas rodadas iniciais do Brasileirão.

Palmeiras x Fluminense

O Palmeiras tem pecado nos últimos jogos em casa. Embora tenha tido maior posse de bola e dominado territorialmente os adversários nos jogos recentes no Allianz Parque, o ataque débil da equipe restou um tanto evidenciado, o que deve melhorar com a chegada do competente e subvalorizado Alecsandro. Contra o correto Fluminense de Enderson Moreira, acredito em um empate.

Grêmio x Atlético-PR

Penso que Atlético-PR não tem time para se sustentar entre os primeiros da competição e o despertar para a realidade começará nesta rodada, com uma vitória do Grêmio, que já mostra sinais de melhor futebol sob o comando do técnico Roger Carvalho.

Avaí x Figueirense

Os dois times que protagonizam o clássico catarinense vêm de boas vitórias (o Avaí fez 1×0 no Goiás fora de casa e o Figueirense bateu o Palmeiras por 2×1) e devem fazer duelo interessante e disputado. Sem muita convicção, aposto no time visitante, principalmente se Carlos Alberto (que tem jogado muito bem e saiu machucado na última partida) tiver condições de jogo.

Deixe sua opinião e colabore na discussão