Parabéns ao campeão Corinthians

Créditos da imagem: UOL

Antes de tudo, parabéns ao Corinthians, campeão brasileiro de 2015. Devo dizer hexa ou devo dizer penta? Sim, porque os chamados “antis”, pelos fieis, andam dizendo que, na pureza com que as disputas esportivas devem ser praticadas, o título de 2005 pertence, de fato e de direito, no campo da luta, e não nos tribunais, pouco ou nada limpos, ao Internacional de Porto Alegre.

Claro, claro, que houve aquela bagunça toda de denúncias e desmentidos de árbitros sendo subornados – que, como quase tudo no Brasil (o quase vai pela esperança de que o Lava-Jato, mais até do que aconteceu no Mensalão, pegue firme no pé de quem merece) – acabou dando em nada. Ninguém preso, ninguém realmente desmascarado.

Assim como foi na CPI do futebol, também chamada da Nike, onde todos os envolvidos saíram ilesos, puros, santos, e só faltaram processar jornalistas, como um, em outro caso e local, fez comigo. E me deu o melhor troféu que pude ganhar nos 50 anos de estrada. Mas essa é uma outra história.

Hexa ou penta, cada um crave o que quiser, o Timão é campeão. Para os “antis”, graças ao “apito amigo” – e bota apito e amigo nisso, repetem. Para os 30 milhões – 30 milhões? – que se intitulam “um bando de loucos”, que lotam a cada jogo a arena “estalando de nova, palácio em mármore”, hexa e a caminho do hepta, do octa… Sim, porque agora ninguém mais segura “nóis”, “mano”.

Hexa ou penta. Apito amigo ou erros naturais, ajudando e prejudicando a todos, sem maldade, apenas por incompetência. 30 milhões, onde talvez não sobrem 100 milhões de torcedores – tirando-se das 220 milhões de almas que por aqui vivem, as crianças de até 6 anos, mulheres que não estão nem aí com futebol, gente que não gosta e tem raiva de quem gosta, mais aqueles que já enjoaram, vendo tantas maracutaias – 30 milhões não será um exagero?

Melhor deixar pra lá, não mexer na caixa de marimbondos, trazendo os flamenguistas com seus 40 milhões (sic), os são-paulinos, palmeirenses, botafoguenses, colorados, gremistas, fluminenses etc para essa batalha. Antes que algum diga que não existe campeonato de torcidas, bandeiras, charangas e até de mimimi…

Parar antes que digam que o Palmeiras não é campeão mundial. Que o título corintiano de 2.000 não passa de um torneio de verão. Que os dois primeiros mundiais do São Paulo não são assim reconhecidos pela Fifa… Com o risco muito sério de, voltando ao “apito amigo”, alguém venha falar em uso da tecnologia no futebol, para dirimir dúvidas. Papo mais chato esse, que além de não solucionar as questões, acabaria com as mesas redondas, as discussões entre amigos nas prainhas, no feice… e me faria apagar tudo que escrevi até aqui. Futebol já anda tão sem graça, e ainda querem acabar com essa brincadeira. Sem falar no emprego do Arnaldo…

Leia meu blog em www.tvredepaulista.com.br/josemariadeaquino

15 comentários em: “Parabéns ao campeão Corinthians

  1. Calma, pessoal, futebol é diversão para quem está de fora do campo. Por que brigar, xingar…???Brinquem, digam que foi apito amigo, tirem sarro, mas fiquem por aí. Abração

Deixe sua opinião e colabore na discussão