W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

Quem leva a Taça Guanabara: Vasco ou Fluminense?

Campeonato Brasileiro - Fluminense X Vasco

Créditos da imagem: Jorge Rodrigues/Eleven

Neste domingo, Vasco e Fluminense decidem a Taça Guanabara, em Manaus – por motivos já sabidos – e o Tricolor conquista o título com um empate.

A equipe das Laranjeiras é favorita e, no momento crucial da competição, vem jogando melhor do que o seu adversário, que, mesmo sem mostrar um futebol que agrada o seu torcedor, continua invicto.

O Fluminense teve o problema do Fred com o técnico Levir Culpi durante a semana e o seu torcedor espera que isso não seja levado para dentro de campo.

O time vascaíno tem uma média de idade elevada e não consegue manter um nível razoável de atuação durante os noventa minutos, e com o agravante de seu ataque ser totalmente inoperante. Esse fato já ocorre desde o ano passado e foi um dos fatores que culminou com a queda para a 2ª divisão nacional. Mesmo com todos esses problemas, o time tem condições de vencer o jogo e ser campeão.

O Botafogo já está classificado e o Flamengo confirmará a sua passagem para a fase final do carioca. Vejo Fluminense e Flamengo à frente dos dois rivais na briga pelo título. Os seus elencos possuem mais opções – principalmente o Flamengo – e, mesmo que não sejam de qualidades técnicas elevadas, são superiores aos de Vasco e Botafogo.

Números do confronto de Vasco x Fluminense:

  • Total de 355 jogos
  • 139 vitórias do Vasco e 531 gols marcados
  • 114 vitórias do Fluminense e 486 gols marcados
  • 102 empates
Corinthians soma “estrelinhas” para 2016
Palmeiras e o segredo do fracasso

Escrito por:

- possui 23 artigos no No Ângulo.

Natural de Miracema, terra do mestre José Maria de Aquino, Ademir Tadeu é um colecionador de coisas sobre futebol, além de se considerar um saudosista, um genuíno amante da bola.


Entre em contato com o Autor

24 respostas para “Quem leva a Taça Guanabara: Vasco ou Fluminense?”

  1. Hum, permita-me discordar, caro Ademir Tadeu. Penso que desde que o Jorginho assumiu, no fim de 2015, o Vasco tem sido (talvez ao lado de Atlético-MG, Corinthians e Santos) um dos times brasileiros mais difíceis de ser batido e, para mim, é favorito contra o fortalecido Fluminense, de Levir Culpi. A conferir. 😉

    • Vicente Prado disse:

      Fico com o autor da coluna nessa, pra mim o Fluminense leva!

    • Ademir Tadeu disse:

      Perfeitamente. O setor defensivo, caro Fernando Prado, realmente está arrumado. No entanto, do meio pra frente a coisa pega. Não vejo tanta qualidade nas atuações do Nenê, que é apenas um jogador comum no meio de tantos japoneses que temos por aqui. Ele abusa dos toques laterais improdutivos e fica mais no chão do que em pé. É só encostar que cai. Ele é um artilheiro de gols de pênaltis. Pela função que ocupa deveria ser mais participativo nos jogos. Não estou dizendo que ele é inútil, mas não é isso tudo que estão falando, na minha modesta opinião. Sobre o ataque, já disse tudo acima, pois é horroroso. O Jorginho tem todos os méritos e merece ser valorizado pelo trabalho que vem fazendo. O Fluminense jogará desfalcado de cinco titulares, e isso pode pesar a favor do adversário. Estão mais interessados na decisão contra o Atlético (PR), na próxima quarta-feira. Tecnicamente falando, com o time completo o Tricolor é superior ao Vasco. Valeu!

    • Ademir Tadeu, o bom é que um de nós dois vai acertar! Hehehe. E sem querer aumentar a polêmica, gosto muito do futebol do Nenê! =D

    • Ademir Tadeu disse:

      Ele teve bons momentos na Europa. É um bom jogador, mas parece que a idade já está pesando para aquela função. Como torcedor do Vasco, espero que ele tenha a sua melhor atuação amanhã. rsss

    • Jardel Barros disse:

      Nenê não participa?? Olha quem iniciou a jogada, do gol do Vasco contra o remo,olha quem é um dos artilheiros do Vasco na temporada.olha quem deu mais assistência desde o ano passado.

      • Tadeu Miracema (Coluna do Leitor) Ademir Tadeu disse:

        Eu quis dizer mais participativo, meu caro Jardel Barros, pois é a sua função. A artilharia foi construída com mais de 70% dos gols sendo de pênaltis. Ele tem a sua importância pro time e é seu dever aparecer mais ao longo do jogo. Por essas e outras o time que não é lá essas coisas, caiu de rendimento.

  2. Só sei de uma coisa apesar de ser Flamenguista, torço para o Vasco ser vice mais uma vez, porque Vasco VICE de novo e na segunda divisão do brasileiro não tem Preço!!! kkkkkkkkkk

  3. Jardel Barros disse:

    Fluminense 1×2 Vasco.

  4. Anônimo disse:

    Dificil previsåo. Vou torcer para o Vasco. Argghhhh. foi dificil ate pra escrever.

  5. Vasco. Nunca pensei em dizer isso.

  6. Vasco.levar ah taça

  7. Vamos lá vascao pra cima deles

  8. Eugenio Lima disse:

    Meu amigo Ademir deixando a paixão de lado me desculpe porque o flamengo e Fluminense são melhores que o Vasco, ganhamos todas do Flamengo , os caríssimos Sheik ,Ederson , guerreiro nada jogaram no
    Flamengo , o Fluminense idem ,Rodrigo
    Todos jogos mata Sheik , guerreiro e Fred a defesa do Vasco e o
    Meio campo jogam certinho ,Nenê marcado com violência todo jogo
    Ele deu o
    Passe P lateral cruzar P Thales fazer o gol contra o remo ,Thales agora com Jorginho voltou a jogar bola, está na seleção sub 17/20 um
    Bom tempo, caiu o rendimento mas é artilheiro ,o time não é o melhor mas tem esquema de
    Jogo coisa que o Flamengo e o Fluminense não tem amigo .

    • Tadeu Miracema (Coluna do Leitor) Ademir Tadeu disse:

      Respeito muito a sua opinião, meu prezado amigo Eugenio Lima, mas não é porque vencemos o adversário podemos dizer que somos melhores do que ele. O time do Vasco caiu de rendimento e os dois rivais, Flamengo e Fluminense, como já se esperava, estão aos poucos ajustando os seus times. Nada de especial, mas o material humano ainda é superior ao do Vasco. A superioridade que digo é a nível regional. Quando faço essas avaliações deixo o sentimento de lado e procuro ver a parte técnica e tática num contexto geral. As últimas atuações do Vasco foram sofríveis. Com tudo isso, pode chegar logo mais, vencer o Fluminense e conquistar o título. Se não quiser passar aperto na segundona, tem que arrumar esse ataque “cardíaco”.

  9. Não tenho dúvidas vai da Vasco corteza vamos lá Vascão


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano é especialista em política urbana. Com formação em gestão do esporte, também encara apaixonadamente o futebol como fenômeno cultural.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados