W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

Real x Atlético: quem ficará com a Orelhuda?

Cristiano Ronaldo

Créditos da imagem: www.aposta10.com

O famoso Estádio Giuseppe Meazza (ou San Siro, como queiram) será mais uma vez palco de um grande clássico valendo título. Mas desta vez, nada dos infelizmente decadentes Milan e Internazionale. Neste sábado a capital mundial da moda receberá ‘Merengues” e “Colchoneros” em busca do mais cobiçado título entre os clubes do Velho Continente.

Real x Atlético, o efervescente “Dérbi de Madri” se repete dois anos após a decisão de Lisboa, agora em terras italianas. Daqueles times que entraram em campo na Luz, várias peças mudaram, inclusive os momentos dos clubes. Em 2014 o Real era muito favorito, mas nós sabemos que o título quase foi parar no Vicente Calderón. Quase, pois o gol histórico de Sérgio Ramos levou o jogo para o tempo extra e então “La Décima” ficou com o Real.

Mas nesta temporada o Atlético parece chegar bem mais calejado e forte do que em 2014. Importante ressaltar que o Real Madrid tem uma campanha bem superior à do rival, com 29 pontos contra 21 do Atlético. O time do Bernabéu tem ainda o melhor ataque, a melhor defesa e CR7 como artilheiro, com assustadores 16 gols.

Mas o Atlético eliminou nada menos que Barcelona e Bayern no caminho para Milão. Enquanto Simeone está desde 2011 no comando do Atlético, Zidane chegou no meio da temporada para assumir um Real que, apesar do elenco estelar, não engrenava nas mãos de Rafa Benítez.

Já escrevi anteriormente que o Atlético é cada vez mais moldado à imagem e semelhança do seu comandante. Intenso, duro, competitivo, mas não apenas isso. É um time com uma compactação defensiva poucas vezes vista e um contra-ataque letal. Falando em contra-ataque, O Real que abusava desse expediente nos tempos de Benítez, mas agora na Era Zidane parece gostar mais de ficar com a bola. Aliás, com jogadores do quilate de Modric e Kroos a bola pode e deve ser bem tratada e trabalhada para chegar no mortal ataque merengue. E que ataque: Bale voltou à velha forma, marcando gols decisivos no Campeonato Espanhol. Benzema segue perigoso, e Cristiano Ronaldo, apesar dos recentes problemas físicos, parece cada vez mais se aproximar da perfeição no quesito finalização.

Já pelo lado colchonero, todas as atenções se voltam para Antoine Griezmann. O fantástico atacante francês tem sete gols na Champions, aliás gols decisivos que derrubaram Barcelona e Bayern. O Real está em busca de seu 11º título de Champions, conquista esta que parecia impossível na primeira metade da temporada. Já o Atlético busca mais que uma revanche de Lisboa, busca a inédita conquista da Europa.

Rivalidade, estrelas e um gramado que é acostumado a receber confrontos deste porte. Mas agora, Milão por um dia será uma extensão de Madri. E nessa Madri à moda milanesa, ou nessa Milão à moda madrilenha, Real e Atlético mais uma vez estarão frente a frente em busca dela, a “Orelhuda” mais cobiçada do mundo.

REAL MADRID
12 j, 9 v, 2 e, 1 d, 27 gp, 5 gc
1ª Fase: Campeão do Grupo A (PSG, Shakhtar e Malmo)
Oitavas: duas vitórias por 2×0 sobre a Roma
Quartas: Derrota por 2×0 fora de casa e vitória por 3×0 em casa contra o Wolfsburg Semifinal: Empate por 0x0 fora e vitória por 1×0 em casa contra o Manchester City
Artilheiro: CRISTIANO RONALDO 16 gols

ATLÉTICO MADRID
12 j, 6 v, 3 e, 3 d, 16 gp, 7 gc
1ª Fase: Campeão do Grupo C (Benfica, Galatasaray e Astana)
Oitavas: dois empates por 0x0 contra o PSV e vitória por 7×6 nos pênaltis
Quartas: Derrota por 2×1 fora e vitória por 2×0 em casa, contra o Barcelona
Semifinal: Vitória por 1×0 em casa e derrota por 2×1 fora, contra o Bayern Munique
Artilheiro: ANTOINE GRIEZMANN 7 gols

REAL MADRID x ATLÉTICO DE MADRID
Sábado, às 15:45 horário de Brasília
Estádio: Giuseppe Meazza (San Siro), Milão, Itália
Arbitro: Mark Clattenburg – Inglaterra
TV: Globo, Band, EIMAX, TNT

Opinião: Apenas um maluco arriscaria cravar o campeão em uma situação dessas. Clássico, jogo único, nada de vantagem. Mas não poderia deixar de opinar:  Atlético parece ser um time que não cai nunca. As épicas classificações contra Barça e Bayern credenciam e muito o time de Simeone. Mas do outro lado temos o maior campeão de Champions e muito mais que isso: Zidane parece ter dado sua cara ao time, mantendo mais a posse de bola. Em um confronto tão equilibrado acredito que o fator individual pode prevalecer. Aposto que a Europa mais uma vez será ‘Merengue. Real Madrid campeão.

Palpites da 4ª rodada do Brasileirão 2016
Não adianta procurar: não há treinador para o Flamengo – Parte I

Escrito por:

- possui 14 artigos no No Ângulo.

Juliano Ravanelli, 33 anos, escriturário, morador de Rafard/SP, maluco por futebol, seja jogado no Camp Nou ou na terra batida da várzea.

Entre em contato com o Autor

11 respostas para “Real x Atlético: quem ficará com a Orelhuda?”

  1. Análise precisa do jogo de amanhã. Creio que tudo vai se decidir no meio de campo, com o talento e posse do Real contra a disposição, raça e compactação do Atletico
    Apesar de torcer para o xará espanhol do meu time de coração, vejo uma pequena vantagem Merengue no jogo
    Meu palpite seria Real 2-1
    Espero errar

  2. Ótimo, Juliano Ravanelli! Eu odeio ficar em cima do muro, mas desta vez eu realmente não tenho palpite.

    Acho que o Atlético parece invencível no momento, de tão determinado que está! Mas, ao mesmo tempo, também acho que entra muito mais pressionado do o Real.

    Sei que vou torcer demais para o Atlético, principalmente depois da crueldade de 2014 😉

  3. edgar nunes disse:

    Dá Real!

  4. Tiago Legaro disse:

    Atl madri concerteza merece

  5. Carllos Csr disse:

    Jogo com cara de prorrogaçao

  6. Mateus Filipe disse:

    NOVA CAMPANHA PARA TRAZER O GILBERTO AO VASCO DE VOLTA, COMPARTILHEM. #VOLTAGILBERTO.


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano atua e segue aprofundando estudos nas suas principais paixões: futebol e cidades. Especialista em gestão do esporte, como jornalista também encara o futebol como fenômeno cultural.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados