W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

Seleção Brasileira e os jogadores mais emblemáticos de sua história

Claudio Taffarel

Créditos da imagem: sportvia.com.br

Antes de escrever as próximas linhas, gostaria de trazer à baila a famosa frase (ao menos entre os “boleiros”) do técnico vice-campeão mundial pela seleção italiana na Copa de 94, Arrigo Sacchi: “il calcio è la cosa più importante delle cose non importanti“. Traduzindo: o futebol é a coisa mais importante dentre as coisas menos importantes.

Imagino que o então técnico de Roberto Baggio & Cia, ao fazer tal afirmação, tenha tentado dar uma leveza para um esporte, que, em última análise, é um entretenimento para os seus torcedores/consumidores. O que naturalmente não significa que o assunto futebol não deva ser tratado com a seriedade que ele merece, que o leitor menos atento não se confunda.

Bom, isto colocado, gostaria agora de fazer uma brincadeira, uma espécie de viagem fantástica pelo mundo da bola, e tentar montar a minha Seleção Brasileira mais emblemática – e não necessariamente a melhor – de todos os tempos.

Para tanto, optei por escolher tão somente os 11 titulares de uma hipotética equipe. De maneira que, como não poderia deixar de ser, verdadeiras feras, em alguns casos até com números ou feitos superiores àquelas escolhidas por mim (como Gilmar, Cafu, Mauro, Júnior, Nílton Santos, Clodoaldo, Sócrates, Didi, Leônidas, Jairzinho, Tostão, Rivellino, Gérson, Rivaldo, os Ronaldos, Neymar e muitos outros) acabaram ficando de fora.

Até mesmo nomes como Barbosa e Dunga, que se não são unanimidades pelo que fizeram dentro de campo, sem dúvida são dos nomes mais marcantes da história do nosso futebol e poderiam, se alguém assim entendesse, muito bem figurar entre os tais 11.

De maneira que é bom que se ressalte a subjetividade dessa coluna. Nessa análise, a ideia é de que não haja “certo ou errado”,  mas sim o que chamo de “memória afetiva”, a lembrança de jogadores que estão no nosso imaginário e que inevitavelmente nos remetem à camisa amarela da Seleção. Algumas vezes, memória até do que não foi visto (pelo menos “ao vivo”), se é que o leitor me entende.

Bom, vamos à minha escalação? Pois bem:

Goleiro: “Sai que é suuuuuuuuuuuuuua”, Taffarel

Lateral-direito: Carlos Alberto Torres, o “capita”

Zagueiros: Bellini, o primeiro a erguer uma taça de campeão do mundo pelo Brasil e o zagueiraço Domingos da Guia (pai do Ademir)

Lateral-esquerdo: Roberto Carlos, ídolo da Seleção Brasileira e do Real Madrid e 2º melhor jogador do mundo (!) em eleição da FIFA, no ano de 1997

Volantes: Zito, ídolo do Santos e da Seleção Brasileira, que dava bronca até em Pelé, e Falcão, ídolo do Internacional e “Rei de Roma”

Meias-atacantes: Zico, o maior jogador da história do Flamengo e símbolo da Seleção de 82 (aquela que “perdeu, mas ganhou”) e Pelé

Atacantes: Garrincha, o “anjo das pernas tortas”, talvez o jogador que mais bem represente a essência do nosso futebol, com o seu jeito moleque e quase debochado de jogar e Romário, o “gênio da grande área”, o protagonista do tetracampeonato na Copa do Mundo de 1994, que tirou a Seleção Brasileira da fila depois de 24 anos de seca

Pronto? Já cornetou a minha Seleção? Pois então agora faça a sua. E divirta-se.

E segue o jogo.

Leia também:

Eita, Leicester x Atlético de Madrid?

Seleção da América do Sul x Seleção da Europa – Em duelo “pra valer”, quem venceria?

Corinthians: a boa torcida levanta o time, mas os maus torcedores podem pôr tudo a perder
Palpites da 3ª rodada do Brasileirão 2016

Escrito por:

- possui 244 artigos no No Ângulo.

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.


Entre em contato com o Autor

6 respostas para “Seleção Brasileira e os jogadores mais emblemáticos de sua história”

  1. Vicente Prado (Coluna do Leitor) Vicente disse:

    LEGAL DEMAIS A COLUNA…

    EU SÓ TROCARIA O ROBERTO CARLOS PELO NILTON SANTOS (“A ENCICLOPÉDIA”) NA MINHA…

  2. Dionathan Goulart disse:

    Zico, Pelé, Garrincha e Romário!!!

    PQP, esse time seria IMBATÍVEL…

  3. Roberta Prado disse:

    Sou fã do Baixinho! 😀

  4. edgar nunes disse:

    Leao
    Cafu
    Bellini
    Aldair
    Roberto Carlos
    Falcao
    Socrates
    Zico
    Pele
    Garrincha
    Romario

  5. Gilberto Maluf (Coluna do Leitor) gilberto maluf disse:

    Muito boa a seleção

  6. Esse baixinho foi dirente d todos craque


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano é especialista em política urbana. Com formação em gestão do esporte, também encara apaixonadamente o futebol como fenômeno cultural.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados