Seleção do Campeonato Brasileiro de 2016

Créditos da imagem: Bahia Extra

Terminado o ano esportivo, é tradição se eleger a “seleção do Campeonato Brasileiro”. Muitos veículos e jornalistas já começaram a escalar seus times. Vou dar aqui meus pitacos. Vamos lá:

Goleiro
Jailson, do Palmeiras, assumiu com a responsabilidade de substituir o ídolo Prass e não decepcionou. Foi o melhor, à frente de Vanderlei (Santos) e Danilo Fernandes, que ainda conseguiu se salvar no rebaixamento do Inter.

Laterais
Jean, do Palmeiras, e Jorge, do Flamengo, foram os melhores do torneio.

Zagueiros
O gremista Geromel merece reconhecimento pela excelente temporada. Ao seu lado, colocaria o palmeirense Mina, com menção honrosa ao seu companheiro Vitor Hugo.

Meio de campo
A concorrência é dura. Não tivemos o surgimento de nenhum grande craque, mas houve um conjunto de jogadores com boas participações: no campeão Palmeiras, Moisés e Tchê Tchê, os santistas Renato e Vitor Bueno, os flamenguista William Arão e Diego (que se encaixou muito bem no time carioca), o gremista Douglas, que mostrou classe mesmo com a mobilidade em campo cada vez mais reduzida.

Por ter optado montar um time com três no meio, fico com Renato, Tchê Tchê e Diego.

Ataque
Dudu teve participação fundamental no título palmeirense. Robinho teve um grande ano no Atlético Mineiro. Gabriel Jesus é presença obrigatória. Ficam as menções honrosas a Marinho (Vitória), Pratto (Atlético-MG) e Luan (Grêmio).

Técnico
Cuca é o grande campeão. Como ele já levou o troféu, vou ousar e indicar o nome do técnico que teve a melhor relação entre resultados obtidos/elenco à disposição. Só pode ser o Jair Ventura, que herdou de Ricardo Gomes um time caminhando para o rebaixamento, e o levou até a Libertadores.

Desta forma, fecho minha seleção com o seguinte esquadrão:

Jailson; Jean, Geromel, Mina e Jorge; Renato, Tchê Tchê e Diego; Dudu, Robinho e Gabriel Jesus. Técnico: Jair Ventura.

5 comentários em: “Seleção do Campeonato Brasileiro de 2016

  1. Bons nomes. Mas senti falta do Moisés, pra mim a peça mais determinante para a conquista do Palmeiras e o melhor jogador do campeonato. Ainda, não escalaria o Gabriel Jesus, pois, em que pese o seu ótimo início de competição, quando despontou como artilheiro, na maioria dos jogos penso que ele atuou apenas de forma regular para boa. Minha seleção: VANDERLEI; JEAN, VITOR HUGO, MINA E ZECA; RENATO, MOISÉS, DIEGO E DUDU; MARINHO E ROBINHO. TÉC: JAIR VENTURA. 😉

Deixe sua opinião e colabore na discussão