Três, dois, um, atenção! Clubes cariocas começam mal no Brasileirão

Créditos da imagem: globo.com

Quinto mês do ano. Quarto mês de bola rolando. Três clubes cariocas no Brasileirão. Duas rodadas da principal competição do país. Uma vitória apenas. E o sinal de alerta já está ligado na Cidade Maravilhosa. São 6 pontos somados de 18 disputados até o momento: Fluminense tem três, Vasco dois, Flamengo um.

O Tricolor é o único que venceu no campeonato: estreando no Maracanã, suou para ultrapassar a barreira montada pelo Joinville, mas conseguiu um gol no final. Por outro lado, o time de Ricardo Drubscky já tem uma goleada nos registros: contra o Atlético Mineiro, em Brasília, dando um indício claro do abismo técnico entre os cariocas e os co-irmãos dos outros centros mais abastados(RS, MG e SP). O Flu, mesclando jogadores muito jovens com alguns experientes fora de seus auges físicos e técnicos, deverá sofrer com essa irregularidade.

Já o Vasco, passada a euforia do título estadual, teve um choque de realidade que o torcedor mais atento já esperava. O cruzmaltino enfrentou clubes de aspirações modestas – Goiás e Figueirense – e nem um mísero tento conseguiu fazer. Ainda não perdeu, já que também não sofreu gols. Mas sem balançar as redes adversárias, fica impossível vencer. As duas primeiras rodadas dão o tom esperado do time de Doriva: quase invencível na defesa, quase inofensivo no ataque.

O Flamengo ostenta o desprezível título de “pior do Rio” até agora, o que é uma façanha vide o resultado dos outros. Na estreia, o time de Luxemburgo não ofereceu resistências para um São Paulo recheado de reservas. No Morumbi, o resultado pode ter sido considerado normal, pela superioridade técnica do adversário – mais uma prova de quão abaixo se encontram os cariocas. O futebol apresentado, no entanto, não agradou nem um pouco. Assim como não agradou contra o Sport, em casa, no empate a duras penas, muito por conta das circunstâncias atípicas (o Sport jogou 15 minutos com um a menos e Diego Souza no gol).

Ainda é cedo para falar de rebaixamento, mas já está bem tarde para mostrarem um futebol mais competitivo. Quanto antes reagirem, mais longe ficarão da “zona de confusão” – e mais ânimo darão aos seus torcedores. Tê-los ao lado será necessário para ajudar a equiparar e, quem sabe, até desequilibrar nesse Brasileirão, que se mostra, como de praxe, equilibrado.

Muito por conta dessa famosa equivalência entre os times, começar a vencer agora é fundamental. Na próxima rodada, Fluminense e Vasco terão pedreiras em casa (Corinthians e Internacional, respectivamente) e o Flamengo visita o Avaí, no sempre temível Sul do país. A reação tem que ser já nessa rodada, para os três pegarem no tranco e darem alguma esperança de lutar na parte de cima da tabela. E trocarem essa infeliz contagem regressiva pela progressiva.

 

3 comentários em: “Três, dois, um, atenção! Clubes cariocas começam mal no Brasileirão

Deixe sua opinião e colabore na discussão