W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

Três, dois, um, atenção! Clubes cariocas começam mal no Brasileirão

Luxa - O Globo

Créditos da imagem: globo.com

Quinto mês do ano. Quarto mês de bola rolando. Três clubes cariocas no Brasileirão. Duas rodadas da principal competição do país. Uma vitória apenas. E o sinal de alerta já está ligado na Cidade Maravilhosa. São 6 pontos somados de 18 disputados até o momento: Fluminense tem três, Vasco dois, Flamengo um.

O Tricolor é o único que venceu no campeonato: estreando no Maracanã, suou para ultrapassar a barreira montada pelo Joinville, mas conseguiu um gol no final. Por outro lado, o time de Ricardo Drubscky já tem uma goleada nos registros: contra o Atlético Mineiro, em Brasília, dando um indício claro do abismo técnico entre os cariocas e os co-irmãos dos outros centros mais abastados(RS, MG e SP). O Flu, mesclando jogadores muito jovens com alguns experientes fora de seus auges físicos e técnicos, deverá sofrer com essa irregularidade.

Já o Vasco, passada a euforia do título estadual, teve um choque de realidade que o torcedor mais atento já esperava. O cruzmaltino enfrentou clubes de aspirações modestas – Goiás e Figueirense – e nem um mísero tento conseguiu fazer. Ainda não perdeu, já que também não sofreu gols. Mas sem balançar as redes adversárias, fica impossível vencer. As duas primeiras rodadas dão o tom esperado do time de Doriva: quase invencível na defesa, quase inofensivo no ataque.

O Flamengo ostenta o desprezível título de “pior do Rio” até agora, o que é uma façanha vide o resultado dos outros. Na estreia, o time de Luxemburgo não ofereceu resistências para um São Paulo recheado de reservas. No Morumbi, o resultado pode ter sido considerado normal, pela superioridade técnica do adversário – mais uma prova de quão abaixo se encontram os cariocas. O futebol apresentado, no entanto, não agradou nem um pouco. Assim como não agradou contra o Sport, em casa, no empate a duras penas, muito por conta das circunstâncias atípicas (o Sport jogou 15 minutos com um a menos e Diego Souza no gol).

Ainda é cedo para falar de rebaixamento, mas já está bem tarde para mostrarem um futebol mais competitivo. Quanto antes reagirem, mais longe ficarão da “zona de confusão” – e mais ânimo darão aos seus torcedores. Tê-los ao lado será necessário para ajudar a equiparar e, quem sabe, até desequilibrar nesse Brasileirão, que se mostra, como de praxe, equilibrado.

Muito por conta dessa famosa equivalência entre os times, começar a vencer agora é fundamental. Na próxima rodada, Fluminense e Vasco terão pedreiras em casa (Corinthians e Internacional, respectivamente) e o Flamengo visita o Avaí, no sempre temível Sul do país. A reação tem que ser já nessa rodada, para os três pegarem no tranco e darem alguma esperança de lutar na parte de cima da tabela. E trocarem essa infeliz contagem regressiva pela progressiva.

 

Tríplice coroa do Barcelona: Primeiro passo dado
Thanks, Steven Gerrard! Lendas são eternas

Escrito por:

- possui 71 artigos no No Ângulo.

Carioca, graduado em Direito e universitário de Jornalismo. Mas antes de tudo, um opinólogo profissional, cronista do cotidiano, comentarista do dia a dia e palpiteiro da rotina.


Entre em contato com o Autor

3 respostas para “Três, dois, um, atenção! Clubes cariocas começam mal no Brasileirão”

  1. E qual é o time bom no Brasil???
    O Corinthias? …foi eliminado pelo Guarani não sei da onde…
    Os times brasileiros tds…Não valem nada….

  2. WD Vieira disse:

    Não preciso fala nd


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano é especialista em política urbana. Com formação em gestão do esporte, também encara apaixonadamente o futebol como fenômeno cultural.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados