Vai começar a Libertadores 2016. E o favorito ao título é…

Créditos da imagem: goal.com

Vai começar mais uma Copa Libertadores!

Na edição de 2016, se considerarmos a Pré-Libertadores (que não deixa de ser o torneio propriamente dito), teremos cinco representantes brasileiros, cada qual com suas peculiaridades e chances de título.

Além, é claro, de outras equipes latinas.

Analisemos agora aquelas que considero as principais “forças” da competição:

ATLÉTICO-MG

Melhor representante brasileiro, o Atlético-MG perdeu algumas peças (Giovanni Augusto e Jemerson foram as principais), mas continua com a espinha dorsal forte. Além disso, será comandado por Diego Aguirre, que já provou ser muito capaz na competição (foi vice com o Peñarol, em 2011). O Galo de “São Victor”, Rafael Carioca, Dátolo, Luan e Lucas Pratto é um dos principais candidatos ao título. Adversários na fase de grupos: Colo-Colo (CHI), Melgar (PER) e vencedor de Independiente doel Vale (EQU) x Guaraní (PAR).

CORINTHIANS

O Corinthians campeão brasileiro talvez seja a maior incógnita . Uma equipe que jogou um futebol encantador ano passado, mas que acabou perdendo seis de seus titulares (Gil, Ralf, Jadson, Renato Augusto, Malcom e Vágner Love). Fez, em tese, algumas boas contratações mas que, ao menos por enquanto, não podem ser equiparadas aos jogadores que saíram. Entretanto, não é difícil imaginar que Tite, o melhor técnico do Brasil, consiga fazer o time render com as caras novas Guilherme, André, Marlone e Giovanni Augusto. Além disso, o Corinthians conta com um grupo relativamente fácil, o que dá mais tranquilidade na tentativa de formar um bom time para o mata-mata. Adversários na fase de grupos: Cerro Porteño (PAR), Cobresal (CHI) e vencedor de Oriente Petrolero (BOL) x Independiente de Santa Fé (COL).

GRÊMIO

Comandado pelo excelente Roger, o Grêmio jogou um futebol muito bonito em 2015. Uma equipe taticamente moderna e atualizada, que manteve a sua base e tem tudo para fazer uma bela Libertadores. No entanto, todo cuidado é necessário. A equipe gaúcha está no grupo mais difícil da competição. Todas os clubes de sua chave – LDU, San Lorenzo e Toluca – têm boas equipes e alguma tradição no torneio. Além disso, a comissão técnica terá de lidar com longas e cansativas viagens. O torcedor deve se preocupar com a fase inicial, mas, em se classificando (e acredito que o faça), o Grêmio pode ir muito longe.

PALMEIRAS

Campeão da Copa do Brasil, o Palmeiras vem muito forte. O técnico Marcelo Oliveira dessa vez fez a pré-temporada com a equipe, e muito provavelmente realizou bons ajustes táticos no time que tem, em 2016, um elenco ainda mais qualificado após as chegadas de Edu Dracena, Erik e outros. Pela primeira vez em muitos anos, o torcedor palmeirense pode entrar na temporada com altas expectativas. Apesar de encarar um grupo difícil (com Rosario Central, Nacional do Uruguai e o vencedor do duelo entre Universidad de Chile e River do Uruguai), é perfeitamente possível fazer boa campanha na fase de grupos e ganhar confiança para o mata-mata.

SÃO PAULO

A grande surpresa (quem poderia imaginar o Santos fora da Libertadores?), o São Paulo é um time melhor comparado àquele que entrou em campo contra o Goiás na última rodada do brasileiro. Com a chegada de reforços (Lugano e Calleri os principais) e um técnico bicampeão do torneio (por LDU e San Lorenzo), o Tricolor não deve ter dificuldades na fase preliminar – contra o peruano Universidad César Vallejo –,  e assim se garantir no grupo A, que, fora o River, não deve dar muito trabalho (os outros adversários são o The Strongest-BOL e Trujillanos-VEN). No entanto, o clube do Morumbi precisará de muita raça na fase de mata-mata, reconhecendo que muitas vezes será necessário jogar defensivamente e com “as facas nos dentes” para avançar. Com o inteligente e experiente Bauza, isso deve acontecer.

OUTRAS FORÇAS E “O FAVORITO”

Quanto aos candidatos ao título de outros países, pode-se destacar a boa equipe colombiana do Santa-Fé, recentemente campeã da Sul-Americana, o River Plate, que quer defender seu título conquistado em 2015, as equipes mexicanas, a LDU, o Colo-Colo e a “La U”, do Chile, e o grande favorito ao título, o Boca Juniors, que com Tévez, Osvaldo e sua fanática torcida, promete infernizar os brasileiros em seu caldeirão, a temida “La Bombonera”.

Como costuma ser na Libertadores, emoção não vai faltar!

15 comentários em: “Vai começar a Libertadores 2016. E o favorito ao título é…

    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…

Deixe sua opinião e colabore na discussão