Agora são 8!

Créditos da imagem: Alexandre Schneider / Inovafoto

Oito times se despediram nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2018. Espanha, Argentina, Portugal, Dinamarca, Suíça, México, Japão e Colômbia se juntam à atual campeã Alemanha e verão as últimas fases do Mundial direto de suas casas.

Ligarão a TV no sábado às 11h da manhã – de Brasília – para ver o único duelo entre campões mundiais dessa fase. Uruguai e França farão um jogo que poderia ser melhor caso o artilheiro Cavani estivesse com condições de jogo. Nada ainda foi declarado oficialmente, mas as versões apontam para a Celeste Olímpica sem seu principal jogador, fato que certamente desequilibrará o duelo em prol dos campeões de 98. A França, apesar de fazer quatro gols na Argentina, tomou três, e ainda não mostrou exatamente ao que veio. Deverá ser um jogo de ataque contra defesa, mas Griezmann e Mbappé dificilmente encontrarão com Godin a facilidade que tiveram com Mercado.

Palpite: Com Cavani em condições, dá Uruguai. Sem, dá França.

À tarde, o que realmente mais nos interessa: Brasil x Bélgica. O caminho do HEXA aparecerá de novo diante de nossos olhos. O sufoco tomado pelos belgas contra o Japão não pode servir para ludibriar nossa Seleção, pois o nível de concentração de quem entra para enfrentar uma seleção asiática certamente não o mesmo quando o adversário é o único pentacampeão de futebol. Completa, a seleção belga enfrentará o Brasil sem Casemiro, um de seus melhores jogadores até aqui. Com quatro anos a mais na bagagem, a Bélgica parece mais preparada que o Brasil, que, no entanto, tem Neymar, Coutinho e uma zaga destacadamente a melhor da competição até aqui.

Deve ser o melhor jogo da Copa até o momento – quiçá, até o final.

Palpite: VEM HEXA!

No sábado, já repousados com a certeza de que estaremos na semifinal contra a França, dia 10, veremos a anfitriã Rússia encarar a decepção das oitavas de final, Croácia. Se era pouco esperado que os russos chegariam até aqui, também foi surpreendente o mau futebol jogado pelos croatas contra a Dinamarca. É possível que eles tenham nos enganado ao enfrentar a esfacelada seleção argentina. Acontece.

Palpite: na semana passada, cravei que os russos já faziam hora-extra e que deviam logo se despedir do Mundial. Estarei com eles desta vez. Dá Rússia.

À tarde, para finalizar a antepenúltima fase do Mundial da Rússia, Suécia e Inglaterra se encontram num jogo que não deve ser tão bom, mas também dificilmente será tão ruim. A Inglaterra passou apuros contra a Colômbia e por muito pouco não decepcionou mais uma vez. Aparentemente, ainda não estreou na Copa e talvez nem vá. A Suécia chega mais longe do que a grande maioria de seus torcedores esperava e já não é impossível imaginá-la numa semifinal, principalmente por seus resultados até aqui serem melhores do que dos rivais deste sábado.

Palpite: Suécia.

Um comentário em: “Agora são 8!

Deixe sua opinião e colabore na discussão