Libertadores e Flamengo – Ela disse adeus?

Créditos da imagem: UOL

Sabe quando alguém se sente atraído por outra pessoa, mas acha impossível ter a oportunidade de, sequer, poder flertar com ela? E, de repente, ela vem até você e inicia uma conversa? É a LIBERTADORES DA AMÉRICA para o Flamengo. O difícil é descobrir que ela só estava sendo simpática. Nada mais.

É ilusão acreditar que a equipe rubro-negra tem elenco com qualidade suficiente para conseguir um lugarzinho entre os quatro primeiros no Campeonato Brasileiro. O Flamengo está onde deve estar: a “meiúca” da tabela. Não está entre os piores nem entre os melhores. E os jogadores não são regulares, salvo alguns poucos. Trata-se de uma equipe de média qualidade em formação, com um atacante “fora de série”, um ótimo goleiro e o resto do campo cheio de personagens coadjuvantes e isto nunca levou clube algum ao topo de uma competição sequer.

A derrota para o Figueirense, que, na teoria, é um adversário inferior, representa bem o que é o Flamengo atualmente. Os jogadores são voláteis, erram jogadas bobas, demonstram vontade em algumas jogadas e total apatia em outras. Enfim, a equipe precisa mais do que isso para brigar, de verdade, por uma vaga no torneio continental.

O fato é que o Flamengo precisa começar a pensar em segurar boa parte do plantel para a temporada de 2016. Os jogadores não são ruins e devem compor o elenco, sem falar naqueles que mencionei que podem se manter titulares na equipe, mas é inegável que o time precisa de algumas contratações pontuais. Um zagueiro excelente e um volante excelente podem fazer do Flamengo uma equipe para brigar, ainda que a duras penas, por uma vaga da Libertadores no Campeonato Brasileiro de 2016, já que, com as derrotas do São Paulo e do Palmeiras, o Flamengo perdeu a oportunidade de voltar ao G4, caso o Santos também perca hoje para o Grêmio em Porto Alegre, algo, diga-se, bastante factível.

É difícil afirmar que o ano acabou para o Rubro-Negro carioca, mas é um pouco mais difícil crer que a equipe conseguirá cumprir sua meta para 2015. Se a Libertadores disse adeus ao Flamengo, ninguém sabe, mas ela parece estar dando mole para outro.

3 comentários em: “Libertadores e Flamengo – Ela disse adeus?

  1. Concordo! Considerando-se tão somente a pontuação, a Libertadores é algo bem factível para o Flamengo. Mas se for analisar pelo nível de futebol praticado, aí a projeção para o restante do campeonato não anima. Aguardemos.

  2. Primeiro, e9 Jose9 Roberto Wright, ne3o Carlos Alberto. Segundo, o maior eddolo do Fla e9 sem dfavidas o grande Zico.? Essa histf3ria de Flamengo ajdduao pelo juiz e9 choradeira de adverse1rio que ne3o ganha nada. FLA HEXACAMPEc3O BRASILEIRO DE FUTEBOL! Sem mais.

Deixe uma resposta para Helder Natérciano Cancelar resposta