O senhor é um fanfarrão, Thiago Silva!

Créditos da imagem: Reprodução Veja

Apesar de bom zagueiro (longe de ser um “monstro”), jogador do PSG só faz afastar o torcedor da Seleção

Um dos símbolos da derrota mais vergonhosa da história do futebol (mesmo não estando em campo no fatídico 7×1), Thiago Silva, o capitão mais desequilibrado que algum dia vestiu a camisa amarela, nem deveria ter sido mais convocado depois de 2014.

E vamos combinar que não faria a menor falta. Nem dentro e nem fora de campo.

A última “contribuição” do zagueiro emotivo foi declarar que, na opinião dele, Lionel Messi é o melhor jogador de futebol de todos os tempos.

Ah, faça-me o favor!!! O sujeito é brasileiro, conhece de perto os feitos do Pelé, e ainda assim diz uma bobagem dessas?!

Me desculpem os bons samaritanos, mas aí não se trata de não respeitar a opinião alheia, mas sim de uma óbvia agressão à história da Seleção Brasileira (e do futebol) e que deve ser rebatida à altura.

A não ser que Thiago Silva já esteja arrumando uma desculpa para eventual novo choro na partida contra a Argentina…

E segue o jogo.

Atualização: naquilo que considero como evidente manobra (provavelmente orientada por algum assessor da CBF ou dele próprio), Thiago Silva recuou e trocou “o melhor de todos os tempos”, por “o melhor que vi jogar”, salientando que não viu Pelé, Maradona, Zico etc. 

3 comentários em: “O senhor é um fanfarrão, Thiago Silva!

  1. Só este treinador paneleiro que convoca uns fracassados como este jogadorzinho, o0 Barbosa só por causa de um gol indefensável foi banido da seleção pro resto da vida, estes pilantras tomam de sete dentro de casa e ainda se acham os maiorais

  2. O Thiago Silva se referiu aos jogadores que ele viu jogar, portanto não incluía na lista o rei do futebol. Quando Pelé se aposentou o Thiago nem tinha nascido. É claro que ao escolher o melhor das últimas três décadas numa véspera de clássico contra a Argentina ia gerar polêmica, mas talvez nessa declaração esteja também tenha uma estratégia de tirar um pouco a pressão por vitória – que hoje é muito maior sobre os brasileiros.

Deixe sua opinião e colabore na discussão