Benefício da dúvida? Não, no Brasil o que importa é a gritaria

Benefício da dúvida – a defesa do cidadão contra os exploradores da indignação Mais uma vez, a desinformação, a histeria e a procura por atenção (não raro por motivos econômicos) querem prevalecer sobre a busca da verdade e o respeito Leia mais… »

Sobre Jesus e Renato Maurício Prado: festim estrambólico – ou “conta outra, Gian!”

Jorge Jesus voltou a ser unanimidade. Só que ao contrário. Foi parte de uma trama tão inteligente quanto comprar a Praça da Sé no Mercado Livre. Já começou disfarçando mal, com a desculpa de vir pro Carnaval de abril. Maio Leia mais… »

Santos (Ninguém?) FC – a nada santa ira de um clube em frangalhos

Juca Kfouri é uma das figuras mais lamentáveis do jornalismo esportivo brasileiro, unindo tara ideológica a uma espécie de pedantismo moral. Há dez anos, Danilo Mironga o comparava às heroínas mexicanas que aguardavam pela chegada do único homem digno em Leia mais… »

Deem um Mundial ao Palmeiras, por misericórdia!

Decidi mudar meu posicionamento de décadas e apoiar o Troféu Fax. A FIFA tem que definir a Copa Rio de 1951 como o primeiro Campeonato Mundial de Clubes. Não porque é verdade, porque verdade não é. Seria um gesto de Leia mais… »

SPFC e os trogloditas gourmet – Torcida Tricolor Independente na sala de reuniões

Em 2002, o Site Proibido (o nome São Paulo Mania era vetado) anunciou, orgulhosamente, que o então presidente da Torcida Tricolor Independente seria seu colunista. No fórum do site, houve uma chuva de críticas. Ante a explicação de que a Leia mais… »

E se não fosse criança? Futebol é rivalidade; segregação é imbecilidade

Quando eu tinha nove anos, no segundo semestre de 1984, SPFC e Corinthians acertaram o empréstimo de Casagrande. Jogando como ponta-de-lança, ele formou boa dupla com Careca, inclusive participando de um gol contra o Corinthians. No ano seguinte, Casagrande voltou Leia mais… »

Combate à homofobia no esporte: muito bem, mas… e o Bambi?

Agiu corretamente, ainda que a contragosto, a diretoria do Minas Tênis Clube ao suspender e demitir o medalhista olímpico Maurício Souza. Sua primeira mensagem, isoladamente, poderia ganhar o benefício da dúvida como possível protesto contra a possível finalidade lacradora de Leia mais… »