Sobre Fernando Diniz e o árduo caminho para completar sua obra

O livro – em elaboração – de Diniz Tenho quase 200 colunas (os mais atentos sabem que são mais) no site e imagino ter alguns leitores constantes. Estes devem lembrar que, no curto período em que o CAP de Fernando Leia mais… »

A melhor banda de todos os tempos da última semana…

Mano Menezes, o melhor técnico do Brasil. Foi o que um Blog decretou há quatro meses. Com menos de cem dias de futebol jogado em 2019. Com Libertadores ainda na primeira fase. Sem o começo do Campeonato Brasileiro. Com um Leia mais… »

Carille, não foi a parada da Copa América; lesões de Ralf e Sornoza é que melhoraram o Corinthians

A sorte vem ajudando o ótimo Fábio Carille. Por mais que seja cruel falar em “sorte” quando se trata da lesão de jogadores, a verdade é que a evolução do Corinthians nos últimos jogos tem tudo a ver com os Leia mais… »

A melhor virtude do Fla de Jorge Jesus é sobrecarregar a linha defensiva rival com Gabigol e Bruno Henrique

Pode ser duro para o leitor flamenguista ler este texto após uma atuação fantástica sacramentada com uma goleada em um frágil adversário. Não porque farei maiores críticas ou algo além. Exatamente pelo adjetivo que utilizei para definir o Flamengo de Leia mais… »

Análise: o Palmeiras é bem mais rico do que a preguiça alheia consegue observar

O que um simples escanteio pode dizer sobre o Palmeiras de Felipão Analisemos um lance específico e suas diversas interpretações e aspectos possíveis. Dentre estes, observo e destaco como o posicionamento pré-estabelecido para defesa de um escanteio ofensivo favorece muitas Leia mais… »

Antes tarde que nunca

A demissão de Abel Braga pelo Flamengo trouxe ao debate alguns temas que para quem acompanha minhas colunas aqui n’O Ângulo não são novos: cultura esportiva, a função de Diretor Técnico (ou COO, como queira) e a necessidade de se Leia mais… »

E o VENCEDOR é…

Jurgen Klopp iniciou a semana sob a probabilidade de treinar o melhor vice-campeão inglês da História e ser eliminado na Champions League após cruel resultado em Barcelona. 90 históricos minutos mudaram o cenário da Champions League, com os reds em Leia mais… »

Flamengo compete, mas está sempre no limite

Para entender a perspectiva desta análise é preciso saber que o jogo é dividido em seis momentos. Além das organizações ofensivas e defensivas, saturadas em senso comum, as transições também ofensivas e defensivas existem entre elas; além das bolas paradas. Leia mais… »