Renato Gaúcho esteve a um passo do céu; dois meses depois, a máscara caiu

Basta um clique no Google com o nome de Renato Gaúcho e Seleção Brasileira para viajar até o meio deste ano e ver notícias de que o treinador estava muito cotado para assumir o lugar de Tite no banco da Leia mais… »

Brasil começará a próxima Copa com tabu de 20 anos a ser quebrado

Era dia 30 de junho de 2002. O Brasil acabara de conquistar o pentacampeonato mundial ao vencer a Alemanha, em Yokohama, pelo placar de 2 a 0. Com três finais consecutivas e dois títulos, o país parecia se fortalecer cada Leia mais… »

Conmebol: a mestra do desastre de Brasil x Argentina

Na coluna passada, falei dos erros da Anvisa na constrangedora confusão de Brasil x Argentina. É dispensável um texto inteiro sobre os erros da AFA. Basta um parágrafo para expor sua má fé. Os dirigentes argentinos sabiam que estavam agindo Leia mais… »

O maior dos pecados no imbróglio da Anvisa no jogo Brasil x Argentina

O passo a passo de uma confusão Monumental – só que de Itaquera, não Nuñez. O planeta futebol ficou pasmo diante de um Brasil x Argentina que, certamente, nunca será esquecido. Fez jus ao clichê de ser um jogo em Leia mais… »

“É pela Copa do Mundo”

Há uma tônica curiosa que se coincide nos retornos de jogadores como Willian, Renato Augusto e Hulk ao Brasil: o desejo de disputar a próxima Copa do Mundo, que será realizada daqui a pouco mais de 12 meses, no Catar. Leia mais… »

Marta é grande. Mas não é – nem deve ser – suprema

Duas coisas que você deve saber antes de ler esta coluna: 1 – seu autor acompanha a seleção brasileira de futebol feminino desde 1995, quando a principal jogadora brasileira era Roseli e Formiga estava começando. 2 – desta vez opto Leia mais… »

O Catar é logo ali!

Euro e Copa América permitiram ver, simultaneamente, os níveis e estágios de importantes seleções a um ano e meio da Copa do Mundo. A primeira percepção é a que muitos comentaristas brasileiros ainda se recusam a aceitar: a diferença de Leia mais… »

Copa América no Brasil: O presidente e O eleitor

Não deveria surpreender a rejeição à Copa América no Brasil. Mesmo apoiadores do presidente devem estar travando batalhas mentais violentas. Antes mesmo de se falar em pandemia, o eleitor rubro-negro tinha motivos para odiar a competição. Desde 2020 já sabia Leia mais… »