Vitrines ignoradas – mais uma ilusão perdida na América do Sul

Como Cesar Grafietti já ressaltou, a janela de transferências europeias concentrará seus grandes volumes financeiros entre jogadores que já atuam no continente. Pouco dinheiro está sendo gasto com quem joga na América do Sul. Pode aumentar um pouco caso Everton Leia mais… »

A Janela cada vez mais Europeia de transferências

Que o centro do futebol internacional é a Europa, isso não é novidade pra ninguém faz tempo. Mais dinheiro, melhores atletas, melhores equipes, jogos de qualidade. Até o VAR funciona bem por lá, e ainda apresenta sinais de melhora. Se Leia mais… »

O menino vai sair? Ou vai voltar pro quarto?

Leio que, segundo a imprensa esportiva espanhola (não exatamente um exemplo), Neymar estaria tentando impor o clássico “quando jogador quer sair, ninguém segura”. Não é bem assim. Especialmente em países onde os contratos de atletas de futebol não incluem multas. Leia mais… »

Fora de posição – Rafinha, Dybala, Titologia e tempos do “grupo em primeiro lugar”

Jorge Jesus se tornou o grande alvo da semana. Com pitadas de “Professor Pardal”, o treinador português inventou demais e colocou em risco a classificação do Flamengo às quartas de final da Libertadores da América Depois de anos sofrendo com Leia mais… »

Onde estão os centroavantes?

Levantamento recente da Soccerex -que traz os 20 jogadores com menos de 21 anos mais valiosos do mundo- trouxe um dado interessante: nenhum centroavante na lista. A pesquisa mostrou que, entre os jogadores de frente, os chamados pontas (a terminologia Leia mais… »

Vingança do quê? De quem? Revisitando a infâmia de Rosário

Interessante a lembrança da Copa de 1978 por conta da decisão da Copa América. Mostra que o país nunca esqueceu um dos episódios mais nebulosos, que culminou com a constrangedora declaração, pelo saudoso Cláudio Coutinho (mais pelo trabalho no Flamengo Leia mais… »

Brasil x Peru: chegou a hora de acertar as contas de 1978

“Marmelada histórica” Até hoje a história está mal explicada. Tinha onze anos e foi a primeira Copa que acompanhei com atenção. Lembro-me do acontecido com muita nitidez. Além do mais, o que já li e acompanhei de reportagens sobre esse Leia mais… »