Sobre a paralisação de Vasco x São Paulo em razão de gritos homofóbicos

O árbitro Anderson Daronco, sob aparente orientação do STJD, informou incidente de homofobia em São Januário Sobre o ocorrido, o Código Brasileiro de Justiça Desportiva determina: Art. 243-G. Praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de Leia mais… »