Sobre a primeira “lição de moral” da minha vida

Como o álbum de figurinhas da Quigol, editado em 1959, ajudou na minha formação Que saudade daquelas figurinhas, nas quais os jogadores eram colocados no centro de uma bola de futebol. Detalhe: bola “Drible”, na cor marrom! No álbum, constavam Leia mais… »

Relembrando mais um jogo do “negão” contra seu freguês predileto, o Corinthians

Em 1962, o então presidente corintiano Wadih Helu levou o clássico contra o Santos para a Fazendinha. Em vão… Meus amigos, naquela época -ápice do tabu- o Corinthians tentava de tudo para vencer o Santos em jogos do Campeonato Paulista: Leia mais… »

Vingança do quê? De quem? Revisitando a infâmia de Rosário

Interessante a lembrança da Copa de 1978 por conta da decisão da Copa América. Mostra que o país nunca esqueceu um dos episódios mais nebulosos, que culminou com a constrangedora declaração, pelo saudoso Cláudio Coutinho (mais pelo trabalho no Flamengo Leia mais… »

Brasil x Peru: chegou a hora de acertar as contas de 1978

“Marmelada histórica” Até hoje a história está mal explicada. Tinha onze anos e foi a primeira Copa que acompanhei com atenção. Lembro-me do acontecido com muita nitidez. Além do mais, o que já li e acompanhei de reportagens sobre esse Leia mais… »