W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

Análise: Seleção de Dunga x Seleção dos “esquecidos” por Dunga x Seleção do Brasileirão: um treinador (de verdade) é preciso

dunga_05_03

Créditos da imagem: Revista Época

A Seleção Brasileira, com gols de Jonas e Gabigol, acaba de derrotar o Panamá por 2×0, em mais um daqueles joguinhos chatinhos que só.

O atual escrete canarinho é tão apagado que durante a transmissão fiquei “escalando” algumas seleções na minha cabeça e cheguei à infeliz conclusão de que especificamente esta da Copa América 2016 de Dunga (com todos os seus desfalques, inclusive o do seu craque maior – Neymar -, e já considerando Filipe Luís, integrado ao grupo após a final da Liga dos Campeões, na lateral esquerda) talvez seja apenas “mais do mesmo”. Senão vejamos:

 

(PROVÁVEL) SELEÇÃO BRASILEIRA NA COPA AMÉRICA

Alisson

Daniel Alves

Gil

Miranda

Filipe Luís

Luiz Gustavo (Casemiro)

Elias

Willian

Renato Augusto

Phillipe Coutinho

Jonas

 

SELEÇÃO DE JOGADORES “ESQUECIDOS” POR DUNGA

Fernando Prass

Danilo

Geromel

Thiago Silva

Marcelo

Rafael Carioca

Hernanes

Ganso

Lucas Moura

Nenê

Firmino

Obs: chega de David Luiz, hein?!

 

E a coisa está tão nivelada (por baixo) que até uma “Seleção do Brasileirão 2016”, montada com os primeiros nomes que vieram à minha cabeça, poderia, talvez numa tarde inspirada, “fazer frente” ao atual time de Dunga:

 

SELEÇÃO DO BRASILEIRÃO 2016

Fernando Prass

Fagner

Geromel

Maicon

Zeca

Rafael Carioca

Giuliano

Ganso

Luan

Eduardo Sasha

Grafite

Obs: sem falar naqueles convocados por Dunga (como Elias, Lucas Lima, Gabigol etc) e Nenê, atualmente na Série B com o Vasco

 

Disso tudo, discordâncias quanto aos nomes lembrados à parte, concluo que embora as três seleções acima escaladas sejam relativamente boas, definitivamente já há algum tempo não temos um “super time”(o lado bom é que nenhum país o tem atualmente).

De maneira que a contratação de um técnico com qualidade comprovada e que conte com a aceitação majoritária do povo e da crítica especializada (algo que considero importante em se tratando de Seleção BRASILEIRA) deveria ser, no aspecto estritamente esportivo, a nossa prioridade.

Precisamos o quanto antes de alguém que entenda de futebol e que seja capaz de formar um time que saiba atuar coletivamente.

E mesmo que a Seleção eventualmente conquiste a Copa América e/ou as Olimpíadas (nesta, aliás, pinta como o maior favorito), hoje estou convicto de que Dunga não reúne os atributos para ser o condutor da necessária revolução do nosso futebol dentro das quatro linhas.

Minha sugestão? Tite.

E segue o jogo.

Até quando esse amadorismo, São Paulo?
Nova parada de Muricy é mais um golpe para o futebol brasileiro

Escrito por:

- possui 223 artigos no No Ângulo.

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

Entre em contato com o Autor

16 respostas para “Análise: Seleção de Dunga x Seleção dos “esquecidos” por Dunga x Seleção do Brasileirão: um treinador (de verdade) é preciso”

  1. Vicente Prado (Coluna do Leitor) Vicente disse:

    DUNGA
    Nem a BRANCA DE NEVE suportaria….

  2. Sinceramente, nunca vi uma Seleção Brasileira tão medíocre quanto esta!

    Tenho algumas discordâncias em relação às suas seleções (atualmente eu não trocaria o Fred pelo Eduardo Sasha de modo algum, por exemplo), mas o espírito é este mesmo, todos times no mesmo nível. Tá feia a coisa..

    E com o Dunga não dá. Já era pedra cantada… o retorno dele à Seleção foi a escolha mais absurda que já vi, sem exageros! Não consigo até hoje enxergar UM argumento. Fora o que ele dança de acordo com a música da CBF, claro…

  3. Ademir Tadeu (Coluna do Leitor) Ademir Tadeu disse:

    Como está difícil assistir aos jogos da Seleção. O brasileiro perdeu todo o seu encanto pela camisa canarinho. Eles conseguiram mais essa façanha – digo os dirigentes.

  4. Em entrevistas recentes após a concocação para as eliminatórias , cheguei a conclusão que além de medíocre , esta seleção não se assume como deveria. Todos os jogadores entrevistados , disseram que precisavam jogar em função de Neymar , esperar o que deste time , após uma declaração desta. Um treinador sem nenhum conhecimento tático , um meio campo assustado , que não troca quatro passes na linha de ataque e jogadores armandinhos , que só tocam de ladinho , é isso o que temos para hoje. Diferentemente de anos atrás , quando os jogadores da seleção brasileira brigavam para ser os protagonistas da amarelinha rs

  5. Nenhuma das 3 são boas.

  6. Gibimba disse:

    Você fala Fernando prass e quer ser levado a sério?

  7. Murilo disse:

    Para poder publicar um post criticando Dunga e suas escalações, antes deveria entender e acompanhar futebol, falar em Fernando Pras é piada e em Hernanes então nem se fala, jornalismo esportivo é mesmo uma vergonha.

  8. Roniel Morais disse:

    Minha selecao seria essa

  9. Alaca Santos disse:

    Aposto que se bota a seleção do brasileiro ganha dessa seleção fraca do dunga

  10. O futebol da seleção brasileira a cada jogo me decepeciona ainda más, hj o que vemos são um emuntuado de jogadores em campo sem nem uma função tatica, um treinador quem e mandado pela CBF uma seleção que vive dependente de Neymar hj nois brasileiros não temos más empolgação para asistir um jogo da seleção antigamente quando tinha jogo da seleção parecia um feriado que saudade de uma seleção de verdade…..o Futebol brasileiro esta em decadencia total ate os time brasileiros entraram na onda de contratar jogodores de outro países vizinho fazendo que com isso os times para de revelar talentos para seleção, hj quem são os melhores centravante do Brasil um Ricardo Oliveira com seu 35 anos um Grafithe com 37 anos esse são os destaques do futebol brasileiro, ja em fim de carreira. hj o que vemos são os melhores jogadores indo para o futebol chines sem nehuma tradição no futebol mundial enquanto isso nossa selação Brasileira que ate tem bons jogadores mas falta treinador…

  11. A de Dunga será sempre a pior, é mais fácil nevar no nordeste do que ele ganhar um título

  12. Muito bem gostei muito do gabigol neyma caberia Gabriel jesus

  13. Paulo Silva disse:

    Vou falar uma coisa q pode suar meio pesado mais o dunga não é sequer um homem de caráter pq se fosse não aceitaria ser capacho da cbf no mínimo ele está ganhando sua parte pra fazer isso q pior ainda o cara está se vendendo dunga vc daria se envergonha e por pessoas assim q nosso país está e acabando cada vez mais


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano atua e segue aprofundando estudos nas suas principais paixões: futebol e cidades. Especialista em gestão do esporte, como jornalista também encara o futebol como fenômeno cultural.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados