Neymar deveria sair do Barcelona

Créditos da imagem: ElImpulso.com

Muito se tem comentado sobre a possibilidade de Neymar sair do Barcelona e ir para o Paris Saint-Germain. Eu apoio totalmente a ideia.

Antes de mais nada, acho que é necessário que o  craque brasileiro saia do clube catalão. Neymar é um jogador extraordinário, que pode ser dos maiores da história do esporte, então deve ter planos compatíveis com seu potencial. Ficar no Barcelona – indiscutivelmente o clube dominante no futebol mundial na última década – sob o justamente conquistado protagonismo de Messi, e com a companhia de outros atletas excepcionais, como Luis Suárez e Iniesta, acaba colocando o ex-santista em uma espécie de “zona de conforto”.

Sempre achei que Neymar tinha bola suficiente para ser protagonista do Barcelona ou de qualquer outro time. E ele sempre mostrou lidar bem com o protagonismo no Santos e na Seleção. A questão é que Messi construiu sua trajetória de maior ídolo da história do clube ao longo de dez anos, e ainda é, até que se prove o contrário, o melhor jogador do mundo. Diante disso, não seria fácil para Neymar “roubar” a condição do genial argentino.

Quando Messi esteve ausente, Neymar soube ser “o cara” do time. Depois, com a volta de “La Pulga”, sinto que Neymar foi se apagando cada vez mais, e acabou sendo eclipsado  até por Luizito Suárez (que é um jogador incrível, creio que o melhor do ano até aqui, mas não é do mesmo nível da joia brasileira).

Dado o sucesso recente do clube blaugrana, não vencer a Champions já é visto como um fracasso. A conquista, como a da temporada passada, é encarada quase como natural. E com Neymar sendo coadjuvante. Entendo que não é por acaso que seu desempenho despencou também na Seleção (onde não decepcionava até então).

Embora as notícias mais recentes digam que o craque deve continuar no Barcelona, a principal alternativa seria o emergente Paris Saint-Germain. Acho que seria a melhor escolha possível.

O PSG  é a equipe hegemônica na França e vem há alguns anos se firmando como uma das melhores da Europa. Mas sempre falta algo para conseguir mais internacionalmente. E é aí que entra Neymar.

Com a saída do astro Ibrahimovic, o terreno está todo aberto para o brasileiro ser o dono de uma das equipes mais ricas do mundo. Ao contrário do Barcelona, o PSG não é cheio das glórias e dos craques passados, portanto, Neymar (que já conquistou tudo possível na atual casa) poderia ser o divisor de águas na história do clube, o homem que fez uma equipe francesa chegar, pela primeira vez, aos pontos mais altos do futebol. Para complementar, Paris é a cidade da moda e do glamour, características que vão ao encontro do estilo pop star do ídolo brasileiro.

Para finalizar, vivi dois meses em Paris no final do ano passado – justamente no período em que Messi estava fora e Neymar assumiu as rédeas do Barcelona – e fiquei impressionado com a fama e a idolatria que ele tinha por lá. Inclusive vi um especial de duas horas sobre ele produzido por um canal francês. Tal qual o Barça, o PSG e sua torcida também valorizam o “jogo bonito”, encarnado por ninguém no futebol atual como pelo garoto nascido em Mogi das Cruzes. Sei que é ousado, mas Neymar poderia ser em Paris algo como Maradona é em Nápoles. E está mais do que na hora de voltar a fazer valer o lema “ousadia & alegria”.

21 comentários em: “Neymar deveria sair do Barcelona

  1. Concordo, mas não acho que o PSG seja a melhor escolha, visto que o campeonato francês é muito fraco. O melhor destino deve ser o City, que também anseia por um título europeu e agora será comandado por Guardiola.

  2. Concordo “em partes”, ao citar: possa ser que dê um “boom”, como não. São apenas suposições, porém ao meu ver, ele teria um “boom” na carreira superando Messi ainda jogando pelo Barcelona.

  3. Todas as vezes que precisamos dele na seleção não jogou com seriedade e deu margem para tomar porrada do adversário. Acaba ou machucado ou expulso. Com mais maturidade será o que precisamos dele.

  4. Bons argumentos, Gabriel Rostey. Só que, para mim, fazer parte de um Barcelona histórico, que tende a continuar sendo o melhor time do mundo nos próximos anos, não é pouca coisa. Sem falar que o Neymar, mais novo que o Messi, deve ser o substituto natural do craque argentino. Hoje, sair do Barcelona, parece ser um retrocesso na carreira de qualquer jogador. Mas concordo que se ele topar correr esse risco de ir para um PSG ou um Manchester City da vida e a coisa der certo, a carreira dele pode dar um “boom”. Talvez somente assim ele poderá brigar de igual para igual com o Messi e o Cristiano Ronaldo. Enfim, há os dois lados e gostei muito dos seus argumentos. Se eu fosse do “staff” do Neymar, leria com atenção a sua coluna. 😉

Deixe sua opinião e colabore na discussão