W3vina.COM Free Wordpress Themes Joomla Templates Best Wordpress Themes Premium Wordpress Themes Top Best Wordpress Themes 2012

Corinthians x Santos: clássico do “em construção” contra o “em desconstrução”

FotoClassicoAlvinegro

Créditos da imagem: corinthians.com.br

O destino reservou papéis diferentes, mas igualmente complicados, para Corinthians e Santos no clássico deste meio de semana (1/6). Os corintianos estão em fase de construção depois de terem perdido quase todo o time campeão de 2015 e passarem por duas eliminações já neste ano. O Santos está começando uma fase de desconstrução com a perda de titulares importantes para a Seleção, e com grande risco de vê-los irem para exterior após a Copa América e os Jogos Olímpicos.

Depois de um começo de Brasileiro com um empate diante do Grêmio em casa e uma derrota fora contra o Vitória, o Corinthians ganhou duas seguidas, 3 x 0 na Ponte Preta e 2 x 0 no Sport. Não foram vitórias memoráveis, mas deram um tremendo respiro na crise que se desenhava lá em Itaquera. A pequena distância entre céu e inferno no Corinthians é inversamente proporcional à intensidade de suas crises. E mais importante do que o alívio no ambiente, foi Tite dar o braço a torcer e fazer mudanças no seu esquema tático. Assim, Guilherme – que penava por não ter o estilo de Renato Augusto – pôde achar seu espaço e ter boas atuações. Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto também cresceram. Se tivesse um centroavante, o time teria aproveitado muito mais.

O treinador ainda deve perder Felipe para o Porto e, provavelmente, Elias para a China. Mas cada dia com sua agonia. Para pegar o Santos, o zagueiro estará em campo. Elias já está com a Seleção há alguns dias. E mesmo que Fagner seja incluído na liquidação de julho, certamente vai poder jogar o clássico.

O Santos está ainda na etapa anterior à do Corinthians: a de perder titulares. Sem Lucas Lima e Gabigol (ambos na Seleção), ficou também sem Ricardo Oliveira, contundido. São mais do que meio time no esquema de Dorival Júnior. A equipe que perdeu para o Internacional, em plena Vila Belmiro, no último domingo, não foi sombra daquela de 20 dias atrás, que se sagrou campeã paulista. A diferença que os três jogadores fazem é muito grande.

O risco de o trio não ficar para o segundo semestre é considerável. O mercado internacional está aberto para eles. Se Ricardo Oliveira não for vendido por causa da contusão, provavelmente vai desfalcar o time santista também. E o pior é que o “saco de bondades” da Vila Belmiro, que fornece um ou mais novos craques sempre que o túnel parece não ter luz em seu fim, desta vez não tem sido, pelo menos até agora, tão generoso.

Prever o resultado de Corinthians x Santos é sempre um desafio. É um jogo em que os dois crescem. Mas, desta vez, está mais difícil ainda. Eu arrisco apostar no Timão, por jogar em casa e estar tentando pegar o embalo de uma nova formação que parece promissora. Mas não dá para esquecer que o Santos é time que costuma surpreender. Corro o risco de errar feio.

E você? Quer arriscar seu palpite?

Palpites da 5ª rodada do Brasileirão 2016
Até quando esse amadorismo, São Paulo?

Escrito por:

- possui 102 artigos no No Ângulo.

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.


Entre em contato com o Autor

13 respostas para “Corinthians x Santos: clássico do “em construção” contra o “em desconstrução””

  1. Muito bem observada essas fases da “construção” e da “desconstrução” 😉

    Sempre acho triste pro futebol brasileiro ver times sendo desmanchados, como foi o Cruzeiro de 2013/2014, o Corinthians de 2015 e agora (nem que seja pela Seleção) o Santos está sendo… tudo parece tão etéreo! O torcedor se habitua com um time e em pouco tempo ele “morre”.

    Pra este clássico eu vejo favoritismo do Corinthians, que também está querendo ganhar moral.

  2. Tiago disse:

    Calendário do futebol brasileiro!

  3. Concordo com cada linha, Emerson Figueiredo. E acrescentaria que o jogo será um grande teste para o Corinthians após as duas importantes (mas que pouco dizem) vitórias sobre os frágeis times da Ponte Preta e do Sport, sérios candidatos ao rebaixamento este ano. Ganhar do Santos (este sim um adversário de peso, ainda que desfalcado de seus principais jogadores) será um importante passo para o time de Tite fortalecer o seu moral e, quem sabe, lutar novamente pelo título.

  4. Vicente Prado (Coluna do Leitor) Vicente disse:

    O SANTOS VAI GANHAR ESSE JOGO, PODEM ANOTAR!

  5. Santos sempre 1×0 !!!vamo q vamo !

  6. Sou santista mais o santos nao ganha cim esse timinho olha la pra nao ser goliado

  7. Desculpa pra da se o corinthians perder kkkk engraçada que quando os outros times que estão em montagem joga contra o corinthians ninguém fala nada são muito esperto mais uma desculpa se o corinthians perder são ligeiro mesmo

  8. Carllos Csr disse:

    Santos tem que toma pau mesmo quem manda depender do trio,,
    Cor 3X1 san

  9. O santos perde pra todo mundo mas Corinthians e freguês e esse. Timer em casa e uma vergonha foi eliminado Nei sei quantas vez

  10. Gabriel Lopez disse:

    Mesmo com reservas Santos mete 2 nese timinho das gaivotas fiéis!

  11. sempre somos prejudicados seja pelas janelas de transferências ou pela seleção que já vem de algum tempo isso
    Vamos lembrar santos x Atlético paranaense na libertadores (2005)
    A seleção levou Robinho Renato e Diego
    Santos perdeu a chance de ir para a final da libertadores se eu não me engano
    2011 quando levou neymar Ganso André naquele ano o santos se acabou no brasileiro
    E de novo voltamos a perder jogadores que SÃO do santos FC
    Começo do ano passado o santos perdeu muito por conta de salários
    E foi excelente para o Clube pois na saída do Arouca revelamos o Thiago Maia
    Na saida do aranha trouxemos o Vanderlei
    Porém o santos já é um time sem suas estrelas pois acho difícil eles voltarem da seleção para o santos .
    Todos .
    E ainda tem Zeca e Thiago maia na sub 20 que vão para Europa também
    Estamos perdidos

  12. Aqui é santos com time desfalcado vamo cria força e ganha 1 a 0 peixe

  13. Thiago Costa disse:

    Aqui e santos carai


Deixe um comentário

Enquete

Qual o maior técnico brasileiro dos últimos tempos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Colunistas

Emerson FigueiredoEmerson Figueiredo

Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Redator, repórter, pauteiro e editor-assistente da editoria de Esportes da Folha. Trabalhou também na Folha da Tarde, Agora São Paulo, BOL, AOL e UOL. Paulistano, acompanha de perto o futebol desde a época em que os camisas 10 dos grandes times paulistas eram Pelé, Rivellino, Gérson/Pedro Rocha, Ademir da Guia e Dicá.

Gustavo FernandesGustavo Fernandes

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, não resiste a um bom debate sobre esportes, desde futebol até curling. São-paulino, é fundador e moderador do Fórum O Mais Querido (FOMQ). Não esperem ufanismos e clichês. Ele torce, mas não distorce.

Jorge FreitasJorge Freitas

“Prata da casa” oriundo da Coluna do Leitor, este internacionalista é tão louco por futebol que tratou do tema até em seu TCC. Mestrando em Análise e Planejamento em Políticas Públicas, neste espaço une o gosto por escrever com a paixão pelo esporte mais popular do mundo.

Fernando PradoFernando Prado

Natural de Brasília, mas residente em São Paulo desde que se conhece por gente, é um apaixonado por esportes e pela “sétima arte”. Jornalista e advogado, busca tratar o futebol com a descontração que lhe é peculiar, com o compromisso da boa informação e opinião consistente.

José Maria de AquinoJosé Maria de Aquino

Em seus mais de cinquenta anos de carreira, teve passagem marcante pelos principais veículos de comunicação do país, de todos os tipos de mídia, como Rede Globo, SporTV, Revista Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e Portal Terra. Além de um expoente do jornalismo esportivo brasileiro, também é advogado de formação.

Gabriel RosteyGabriel Rostey

Nascido dias após a seleção de Telê encantar o mundo e não levar o caneco na Copa da Espanha, esse paulistano é especialista em política urbana. Com formação em gestão do esporte, também encara apaixonadamente o futebol como fenômeno cultural.

Fernando GaviniFernando Gavini

Jornalista há 19 anos, já cobriu Copa do Mundo, NBA, Nascar, Pan, Mundial de vôlei, Copa do Mundo de ginástica, Libertadores e as principais competições do futebol nacional. Começou no A Gazeta Esportiva, passou pelo site do Milton Neves, Agência Estado, Agora São Paulo, Terra, ESPN e está na TV Gazeta. A trabalho, conheceu 8 países, 18 estados do Brasil e mais de 100 estádios.

Assinatura por e-mail

Arquivos

©2017 No Ângulo - Todos os direitos reservados