Adeus, Roberto Avallone

Sobre Roberto Avallone: cresci divertindo-me com ele. Também me fez passar muita raiva, sobretudo quando, para tentar compensar sua arqui-conhecida predileção clubística, cedia às piores tolices ditas contra o Palmeiras. E era ansioso, malucamente ansioso – nunca me esquecerei de Leia mais… »

Opinião: todo cuidado é pouco ao se mensurar o valor de uma vida. Sob pena de se instituir uma régua perigosa nessa valoração

Afinal, quanto vale uma vida? O assunto é delicado e decidi me arriscar a “refletir em voz alta”, embora sem a pretensão de oferecer uma resposta definitiva (até por não haver um critério definido para efeito de indenização, assunto a Leia mais… »

A eterna dança dos treinadores

Lá vamos nós falar sobre gestão esportiva. É fevereiro e estamos vendo treinador demitido – ou rebaixado – contratação que só vem depois, interino que jamais seria interino. É o futebol brasileiro. Não custa lembrar o que penso sobre troca Leia mais… »