Semis do Paulistão: o outro lado da moeda

Créditos da imagem: Jovem Pan

Deixando de lado todo o amadorismo da FPF e seu horrendo regulamento, vamos às maravilhas que o ”Paulistão ” nos proporciona. Quando digo que sempre fui adepto da manutenção do Campeonato Paulista de futebol, penso logo em momentos como o que teremos o prazer de apreciar neste fim de semana.

Muitos torcedores são da opinião de que o campeonato “não vale nada”. Uma competição fraca, com times que não trazem competitividade e não conseguem fazer frente aos grandes. Grande maioria também é da opinião de que esse modelo de campeonato apenas atrasa e aumenta as dificuldades do calendário do Campeonato Brasileiro.

Por outro lado, todos torcedores mantêm na memória grandes momentos que o Campeonato Paulista proporcionou. Como esquecer acontecimentos marcantes do “Paulistão”? Alguns deles foram expostos no texto “Ah, o Paulistão”, de Fábio Palmieri, e uma infinidade de outros podem ser lembrados, como os oito títulos do “Santos de Pelé” entre 1960 e 1969, time que encantava o país e é considerado um dos melhores da história do futebol mundial; o Corinthians campeão de 1954 – contra seu arquirrival Palmeiras – tornando-se o “Campeão do IV Centenário”; o Palmeiras, que em 1996 conquistou o título com a melhor campanha da Era Profissional (desde  1933, aliás, ano no qual conseguiu outra glória: a maior goleada do Derby, considerado por alguns o maior clássico do Brasil, 8 x 0 contra o Corinthians); os momentos marcantes do São Paulo nos 90, quando dirigido pelo “Mestre Telê”, revelou um grande camisa 10 no Morumbi – Raí – e conquistou o bicampeonato frente aos seus principais rivais: Corinthians em 1991 e Palmeiras em 1992.

Em todas as edições com formato de semifinal (foram vinte e uma, ao todo), somente em seis delas os quatro grandes chegaram juntos na semifinal.  Neste fim de semana, Palmeiras x Corinthians e São Paulo x Santos iniciarão a disputa pela taça de melhor clube do Estado de São Paulo.

O outro lado da moeda consegue fazer com que o Campeonato Paulista, muitas vezes, seja especial e tão prazeroso para os amantes do futebol. Neste domingo a capital vai parar para assistir dois jogos que prometem muita emoção e disputa.

O Derby da Capital, Corinthians x Palmeiras, deve trazer um confronto bastante equilibrado. O Alvinegro com uma equipe mais ajeitada taticamente e jogando dentro do seu estádio com a força de sua torcida, contra um Palmeiras que, com um time formado recentemente, ainda parece não ter encontrado a estabilidade desejada, porém conta com a volta do seu craque, Valdívia, que pode fazer a diferença. A partida é fundamental para os dois clubes: para o Corinthians que, após ser apontado como o melhor time do Brasil, vem de uma série de empates e veria numa eliminação para o maior rival um forte golpe na confiança; e para o Palmeiras, que vem ganhando corpo e vive um momento de entusiasmo tanto dentro quanto fora de campo, e encontraria na vitória uma afirmação maiúscula para a autoestima alviverde.

Já no clássico San-São, Santos x São Paulo, um jogo cheio de incógnitas. Nos últimos anos esse tem sido um confronto recorrente no mata-mata do Paulista, e o Santos tem levado vantagem. Apesar disso, a equipe da Baixada deixa bem clara a sua dependência do craque Robinho. Se o mesmo não jogar, o time terá que buscar alternativas e se superar para ganhar do Tricolor do Morumbi.  Já o São Paulo dependerá muito do seu camisa 10: Ganso pode ser o protagonista dessa decisão, caso esteja nos seus melhores dias. Enfrentando o ex-clube, acredito que o meia pode brilhar.

Como diria Galvão Bueno, “haja coração, amigos”. Que venham as decisões!

6 comentários em: “Semis do Paulistão: o outro lado da moeda

Deixe sua opinião e colabore na discussão