Dá para devolver?

Créditos da imagem: Reprodução UOL Esporte

Cueva chega atrasado depois do carnaval e é cortado por Sampaoli da partida de hoje, contra o América-RN, pela Copa do Brasil

Parece verdade. E é.

A segunda contratação mais cara da história do Santos (atrás apenas de Leandro Damião), já começa a demonstrar, mais uma vez, a sua falta de compromisso para com o seu empregador e a própria carreira.

Algo que não chega a surpreender a quem conhece o histórico do meia peruano.

É… Cueva parece ser mais um daqueles casos irremediáveis do futebol.

E olha que, embora bom jogador, ele está longe -bem longe- de ser aquele craque que “resolve”.

Toda sorte ao Santos, que a partir de 2020 terá de desembolsar US$ 7 milhões (cerca de R$ 26 milhões) por esse homem com comportamento de menino.

E segue o jogo.

Deixe sua opinião e colabore na discussão