O Fortaleza mostra que vale a pena a Sul-Americana existir

Créditos da imagem: Thiago Gadelha/SVM

Nessa terça-feira, o que muito me chamou a atenção no mundo da bola foi a festa feita pela torcida do Fortaleza.

Prestes a realizar o primeiro jogo por uma competição internacional oficial da história do clube, a equipe tricolor embarcou rumo à Argentina, onde enfrentará o gigante Independiente, sob uma invasão tricolor que tomou o aeroporto da capital cearense.

Será também a primeira vez que um clube do estado disputará uma partida oficial no exterior, o que aumenta ainda mais a grandeza da partida da noite desta quarta-feira, 12.

Embora a competição seja verdadeiramente um porre para as maiores equipes do país, é fato que traz ineditismo a muitos outros clubes que dificilmente alcançariam sequer uma vaga na fase prévia da Libertadores.

Na realidade, desdenhada por muitos, a Sula é um grande presente para clubes como Fortaleza e Bahia, que buscam se reestruturar para se manterem na Série A.

Quem sabe com o tempo adquiram maturidade que os leve também à principal competição do continente?

Que essa festa possa durar por muito tempo no Castelão!

Deixe sua opinião e colabore na discussão