Sobre Jesus e Renato Maurício Prado: festim estrambólico – ou “conta outra, Gian!”

Jorge Jesus voltou a ser unanimidade. Só que ao contrário. Foi parte de uma trama tão inteligente quanto comprar a Praça da Sé no Mercado Livre. Já começou disfarçando mal, com a desculpa de vir pro Carnaval de abril. Maio Leia mais… »

Santos (Ninguém?) FC – a nada santa ira de um clube em frangalhos

Juca Kfouri é uma das figuras mais lamentáveis do jornalismo esportivo brasileiro, unindo tara ideológica a uma espécie de pedantismo moral. Há dez anos, Danilo Mironga o comparava às heroínas mexicanas que aguardavam pela chegada do único homem digno em Leia mais… »

As aparências – e até vitórias – enganam (mas não para sempre)

O leitor perdeu a conta de quantas vezes leu ou escutou sobre o “ótimo trabalho” de um técnico nos primeiros jogos, com este sendo detonado (até demitido) semanas depois. Renato Gaúcho, tema da ótima coluna do colega Jorge, é o Leia mais… »

Para fechar o assunto Daniel Alves no SPFC – o que faltou perguntar (e responder)

“Me ajuda a te ajudar” era a técnica do personagem Rocha, de Tropa de Elite. Como mencionou Danilo Mironga, resume a simbiose entre imprensa esportiva e clubes de futebol. Muitos veículos posam de independentes, mas não dispensam a linha editorial Leia mais… »

Arbitragem de vídeo e arbitragem no vídeo – perigo na estrada

Há duas semanas o jornalista Arnaldo Ribeiro acusou a “central do apito” da Globo de manipular o uso do VAR. Como “prova”, mencionou lances em que o árbitro fez o quadradinho do caos logo após comentário televisivo. Esqueceu, por antipatia Leia mais… »