E o planejamento, ó!

Créditos da imagem: UOL

O Palmeiras demitiu na noite dessa quarta-feira seu treinador Roger Machado após perder para o Fluminense, no Rio, com um gol irregular validado pelo juiz.

Tudo bem, Roger não faz um bom trabalho pelo Palmeiras, pois, apesar de se encontrar na parte de cima da tabela do Brasileirão, ser quadrifinalista da Copa do Brasil e estar nas oitavas da Libertadores, nunca deu ao time uma maneira adequada de jogar ao ponto do nível técnico dos jogadores que veste a camisa alviverde hoje em dia.

Há poucos dias, quem caiu foi Jair Ventura. Outro que também está classificado tanto na Copa do Brasil quanto na Libertadores, mas mal no Brasileiro, e que desde o início da temporada jamais conseguiu fazer com o que Santos jogasse um futebol que pudesse agradar sua torcida ao mesmo tempo em que desse a certeza de que o clube poderia brigar por qualquer um dos títulos em que ainda disputa nessa temporada.

Curioso é que tanto Roger quanto Jair já conviviam com as críticas desde junho, quando o campeonato foi paralisado para a disputa da Copa do Mundo.

Foram 30 dias – repito, 30 dias – para que uma análise pudesse ser feita e, até mesmo, alguma troca de comando pudesse ser executada.

Se os treinadores, imprensa, jogadores e torcida reclamam que o técnico tem que trocar pneu com o carro andando, Palmeiras e Santos perderam mais de um mês em que o carro estava parado para fazer os reajustes com um novo treinador.

Menos de 10 dias após o final da Copa, eis que agora ambos os times estão sem treinadores. Quem chegar, terá que fazer milagre num calendário que daqui em diante não dará espaço nenhum para treinos, com jogos em todas as quartas e em todos os domingos.

Será que não há ninguém na cartolagem capaz de observar, no início desses 30 dias, que os treinamentos seguiam os mesmos e que o resultado, ao final da pausa, seria exatamente igual àquele alcançado antes do início do Mundial?

Os clubes, mais uma vez, pagam pela imperícia de seus cartolas, acostumados a tomar decisões com o poder do fígado.

Não me assustará se tanto Santos quanto Palmeiras passarem mais uma temporada em branco.

Pouco, muito pouco para quem almejava alcançar o topo do mundo em dezembro.

7 comentários em: “E o planejamento, ó!

  1. Já demitiram o Cuca, que comandou o Palmeiras na conquista de um Brasileirão, um ( excelente técnico) e agora, a vítima é o Roger Machado..
    .querem um técnico bom? Para completarem a cagada, contratem o Luxemburgo. Nós gostamos!!

  2. Pois é! Além disso, quando o Dudu perdeu o gol, cara a cara com o goleiro, fiquei me perguntando: quanto mesmo os chineses ofereceram pelo Dudu?

  3. Eu era defensor do Jair, mas com os resultados não vindo, pensei “tem que demitir na parada”. Aí fica a parada toda nessa merda e faz essa lambança.

Deixe sua opinião e colabore na discussão