Enquanto Eurico se enaltece, o Vasco padece

Créditos da imagem: Márcio Alves / Agência O Globo

O Vasco acabou de renovar por mais três anos um câncer que consome o clube ferozmente e que destrói todo o poder de um dos maiores vencedores do cenário nacional.

Com a vitória de Campello, Eurico Miranda se perpetua ainda mais -se é que seja possível se perpetuar ainda mais- em seu clubinho de estimação, total e exclusivamente a seus serviços.

Eurico é tão maléfico ao Vasco, que vendeu uma das maiores promessas do clube por uma pechincha, para atrapalhar o então provável eleito Brant, para depois retornar ao poder, mesmo que indiretamente. Ou seja, prejudicou seu próprio aliado, numa clara demonstração de como corrói o clube permanentemente por seus próprios caprichos.

Platão foi categórico ao dizer que os bons que se abdicam da política acabam por aceitar o governo dos maus.

Mas no caso de um clube de futebol, que, apesar de interessar a relevante parcela da população, não há espaços para que os bons sequer tentem participar, o que fazer para deixar de ser governado pelos ruins?

É como uma prisão eterna à qual se submete o Vasco, renovável periodicamente por sua submissão ao “Corleone” e seu falso discurso de que o respeito está de volta, soberba enaltecida em cada um de seus discursos.

O Vasco perde, de goleada, a cada vitória de seu ditador Eurico. E padece.

Uma pena que não temos muito o que fazer, já que o futebol está coberto de lama de seu início até o fim, com efe de Fifa.

6 comentários em: “Enquanto Eurico se enaltece, o Vasco padece

  1. Se vascaíno não se rebvoltar agora, fizer manifestação, boicotar os jogos e fizer tudo o que puder, que não reclame mais do apequenamento do clube!!!!!!!!!!!!!! A do Bahia já deu o exemplo em uma situação bem pior!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. David Medeiros, Ramilson Torres Ae kkkkkkk pode chutar bem, mas bem no ângulo mesmo kkkkkkkkkk ae o quarto e quinto rebaixamento estar a vista hein depois nao dizer que eu nao falei kkkkkkkkkk.

Deixe sua opinião e colabore na discussão