“Furacão” nas negociações santistas

Créditos da imagem: Reprodução UOL Esporte

Na final da Copa do Brasil que começa hoje, os “ex-Meninos da Vila” Nikão, Robson Bambu e Léo Cittadini devem iniciar como titulares do Athletico Paranaense contra o Internacional

O insinuante Nikão jogou a “Copinha” de 2010 pelo Santos e, aproveitando-se de uma brecha contratual, logo foi embora, sem ter tido chance de vingar entre os profissionais.

Robson Bambu apareceu no ano passado com surpreendente maturidade para um zagueiro tão jovem e o Santos, novamente sem respaldo contratual, foi preterido na negociação para renovação de seu vínculo.

Léo Cittadini, meia querido pelos treinadores e nem tanto pelos torcedores, foi, entre os três, aquele que mais recebeu oportunidades, mas também acabou saindo pelos mesmos motivos.

Na ordem, os jogadores têm 27, 21 e 25 anos.

Em comum? São todos “crias” do Santos, mas que nada renderam aos cofres do Santos.

E hoje se destacam vestindo outra camisa.

O próximo dessa lista tem boas chances de ser Gustavo Henrique.

Agora dá para imaginar o porquê de o Santos ser um clube que vende, vende e vende, mas está sempre sem dinheiro?

Ou Nikão, Robson Bambu e Léo Cittadini não poderiam muito bem fazer as vezes de Marinho, Aguilar e Cueva no elenco de Sampaoli?

Ah, as comissões…

E segue o jogo.

2 comentários em: ““Furacão” nas negociações santistas

  1. Tem jogador que é um leão nos treinos …chega para o jogo virá um gatinho…ex.. Brayn Ruiz nunca se firmou …jobson a mesma coisa…agora dizer deste zagueiro que está quase assinando um pré contrato…mais um que se vai…se vai dar certo ninguém sabe ou viu…

  2. Sério que nunca entendi a má vontade da torcida com o Citadini. Peso do sobrenome? Sem tatuagens e cabelos amalucados? Muito branquinho? Nunca foi um craque, claro, mas tem gente muito pior que ainda está por aqui.

Deixe sua opinião e colabore na discussão