O privilégio de André

Créditos da imagem: Correio do Povo

André e o privilégio de poder atuar em duas equipes históricas do futebol brasileiro

André jogou – e bem – no Santos de Neymar, Robinho e Ganso.

“Santástico”, em 2010

E agora, recém-contratado pelo Grêmio, tem a faca e o queijo na mão para brilhar ao lado de Arthur, Luan e Everton.

(Entre outros grandes nomes dos dois elencos, é bom que se diga).

André sendo apresentado no Tricolor Gaúcho

Veja, poder atuar em duas equipes históricas do futebol brasileiro é um grande privilégio do centroavante, um tanto ironizado por algumas torcidas (assim como Jô e outros que tiveram problemas com bebidas e baladas).

Fato é que André é muito bom camisa 9 (posição quase em extinção no futebol brasileiro), e parece estar – mais uma vez – no lugar certo, na hora certa.

Ainda mais tendo sido avalizado por ninguém menos do que Renato Gaúcho.

E segue o jogo.

3 comentários em: “O privilégio de André

  1. Esse André é bom, mas não tá à altura desses dois times não!!!!!!!!!!!!!!!!! Mas melhor do que o Barcos e do que o Jael ele é sim, kkkkkkkkk

    Com essas goleadas que o Grêmio tá metendo ele tinha que estar fazendo bem mais!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe sua opinião e colabore na discussão