Qual será a manchete do Corinthians na segunda?

Créditos da imagem: Montagem / No Ângulo

Se um ET viesse ao Brasil ver as manchetes esportivas após jogos do Brasileirão, certamente ficaria doido. A cada rodada do Brasileiro as coisas mudam. As últimas foram: 1) Corinthians não joga e é o maior vencedor da rodada; 2) Corinthians cai diante do Vitória e dá mole aos adversários; 3) Corinthians tem vitória de campeão sobre a Chapecoense; 4) Corinthians perde do Atlético-GO e começa a despencar.

A necessidade de alguns jornalistas de terem opiniões definitivas geram um vai e vem que deixa perdidos os torcedores que buscam opiniões dos “especialistas”. O Corinthians pode perder o Brasileiro? Pode. O Corinthians pode ganhar o Brasileiro graças à vantagem alcançada? Pode. Isso será determinado pelos próximos jogos.

O principal a ser analisado está, perdoem a incoerência, além do resultado. O Corinthians é um achado neste ano. Um time com apenas 11 jogadores, que foi formado pelo improvável Fabio Carille, conhecedor dos interiores do clube, surpreendeu até o mais fanático corintiano. Começou com a preocupação de não ser rebaixado. Ganhou o Paulista e fez o melhor turno da história do Brasileiro.

Ganhar fora de casa do Grêmio, Palmeiras e Atlético-MG foi um lance perfeito. Fazer valer o mando de campo, também. Chegar ao final do primeiro turno com um aproveitamento que lhe permite ser campeão com cerca de 50% de bons resultados no returno foi histórico. Já superou o que o corintiano mais fanático esperava lá no longínquo janeiro.

Mas, como falei, é um time de 11 jogadores. Se sair Cássio, Walter dá conta. Os zagueiros Léo Santos e Pedro Henrique conseguem ser eficientes, mas não estão à altura da saída de bola de Pablo e Balbuena. Das laterais, meio e ataque esqueça. Não há substitutos para Fagner, Arana, Gabriel, Maicon, Jádson, Rodriguinho, Romero e Jô. É isso mesmo. Um time de 11 jogadores.

Em um campeonato tão extenso, a falta de reservas é fatal. Mas, mesmo assim, o Corinthians tem chances de se dar bem se mantiver 50% ou um pouco mais de desempenho.

O Flamengo tem um elenco muito maior e mais qualificado. Mas ainda sofrerá até fazer disso um time. O Palmeiras tem mais jogadores, mas errou em toda programação no ano. O Grêmio tem um elenco melhor, mas ainda joga com o Edílson (????) e parece apostar tudo na Libertadores.

O Corinthians pode se dar mal? Sim. O Corinthians pode se dar bem? Sim. Só precisa ganhar 50% ou um pouco mais dos pontos. Perdeu do Vitória e do Atlético-GO em casa? Ok, tem que arrancar pontos fora. Só saberemos isso no final do campeonato. Até lá, será essa sequência de palpites precipitados e pouco informativos.

8 comentários em: “Qual será a manchete do Corinthians na segunda?

  1. Concordo inteiramente, a abordagem em relação ao Corinthians anda histérica! Parece que se empasta um jogo, ou perde, é como se fosse “ruir o castelo de cartas” que boa parte da imprensa pintou até agora. Daí se ganha, apesar de toda a desconfiança, é reforçada a “reafirmação do imparável Corinthians”. Enfim, anda bem bipolar…

Deixe sua opinião e colabore na discussão