Quatro anos de Tite na Seleção! Ele deve permanecer?

Créditos da imagem: Reprodução / El País

Neste dia 20 de junho, Tite completa quatro anos à frente da Seleção. Depois de um começo impressionante nas Eliminatórias e com um status de unanimidade, o treinador gaúcho vive agora um momento completamente diferente: recebe duras críticas e, inclusive, para muitos já nem deveria mais ser o técnico da Seleção.

Vamos aos números do treinador:

Após as conquistas e o bom futebol apresentado pelo Flamengo, muitas pessoas pedem que o português Jorge Jesus assuma a Seleção. Será mesmo que Tite deve ser trocado?

Penso que não. Assim como outros técnicos que já passaram pela Seleção, “Seu Adenor” cometeu erros, e embora podemos ressaltar que no pós-Copa do Mundo o Brasil não vem apresentando um futebol deslumbrante -como era o das Eliminatórias-, não acho que seja o momento para troca. Além de números excelentes, Tite também tem a conquista da Copa América (e sem Neymar).

Para não ficar apenas nos números, vejamos o exemplo do treinador alemão, Joachim Löw, que ficou 8 anos no cargo antes de ganhar seu primeiro título (a Copa de 2014).

E você, trocaria o Tite? Caso sim, qual seria o seu substituto?

Deixe sua opinião e colabore na discussão