Sobre Jean Mota, o novo xodó de Jorge Sampaoli

Créditos da imagem: Ivan Storti/Santos FC

“Leão de treino”, meia tem bons fundamentos, mas ainda não conseguiu desabrochar na carreira

De maneira compreensível, Jean Mota não é bem-quisto pelo torcedor santista.

Dotado de algum talento com a bola nos pés, o jogador de 25 anos parece ser do tipo que não se importa muito com o rumo de sua trajetória futebolística.

Explico: sua capacidade técnica permitiria maiores aspirações, mas, para Jean Mota, tudo parece estar sempre “muito bem, obrigado”.

Tentar fazer a diferença? Buscar jogadas e passes mais incisivos? Chutar mais bolas ao gol?

Hum, essa não parece ser a sua praia.

Jean Mota é apático, não sente as partidas. Falta a ele uma pitada de inconformismo, de ambição.

A conferir se Jorge Sampaoli -que vetou sua saída para o futebol cearense- conseguirá fazer do candidato a camisa 10 do Peixe em 2019 um jogador digno de um grande clube brasileiro.

De qualquer forma, deixo o alerta: todo cuidado é pouco com os “truques de ilusionismo” que os campeonatos estaduais nos proporcionam neste início de temporada…

E segue o jogo.

2 comentários em: “Sobre Jean Mota, o novo xodó de Jorge Sampaoli

Deixe sua opinião e colabore na discussão