Quando a maior humilhação é o de menos – o calvário do “mais que um clube”

Um resultado trágico como 7 a 1 ou 8 a 2, entre equipes grandes. nunca é previsível. Porém, em determinadas circunstâncias, não chega a surpreender. Especialmente quando um grande acúmulo de erros passa despercebido em fases anteriores, ou é duramente Leia mais… »