Brasileiros e final da UCL – se não pode vencê-los, junte-se a eles

Uma de minhas primeiras colunas para o No Ângulo foi sobre a chatice e a covardia de quem, inconformado com o prestígio da garotada aos campeonatos europeus, ofendia este público com o rótulo de “geração Playstation”. Para rebater, apontei o Leia mais… »

Quando a maior humilhação é o de menos – o calvário do “mais que um clube”

Um resultado trágico como 7 a 1 ou 8 a 2, entre equipes grandes. nunca é previsível. Porém, em determinadas circunstâncias, não chega a surpreender. Especialmente quando um grande acúmulo de erros passa despercebido em fases anteriores, ou é duramente Leia mais… »

Saudosismo: da Sapucaí a Madri

Há uma certa chatice em voga, que culpa todos os males do mundo (do futebol, pelo menos) pela ausência dos comportamentos noventistas que não imperam mais por essas bandas, muito embora permaneçam, por exemplo nas páginas de humor futebolístico. Referências Leia mais… »

O drible que derruba volante – e uma tese arrogante made in Brazil

Não leio todos os comentários a minhas colunas. Tanto por eventual falta de tempo quanto pelo fato de que há malcriados que não prestam atenção no conteúdo. Simplesmente procuram um gancho para postar o que acham de alguma coisa – Leia mais… »