Cuidado: é mesmo necessário importar treinadores, mas “europeus” e não “estrangeiros”

Com os recentes sucessos de Jorge Jesus e Jorge Sampaoli em solo brasileiro, ficou evidente para todos uma necessidade absoluta: precisamos importar “mão de obra qualificada” para dirigir nossos times de futebol. Na esteira do salutar entendimento de que os Leia mais… »

Alguém tem que ceder – ou perder

Imaginem uma luta entre adversários que tomam a iniciativa e buscam a luta franca. Normalmente um terá mais chances de chegar primeiro ao queixo do outro. Os lutadores sabem disso. Os técnicos sabem disso. Assim, precisam de um plano B, Leia mais… »

Entre a técnica e a tática, existe o ser humano refém de escolhas

Iniciei este texto ao término do primeiro tempo  de Goiás 3 x 0 Fluminense. E por mais que passasse pela minha mente direcioná-lo apenas para o fator humanístico da história, é quase impossível dissociar dos eventos técnico-táticos do jogo. O Leia mais… »

A melhor virtude do Fla de Jorge Jesus é sobrecarregar a linha defensiva rival com Gabigol e Bruno Henrique

Pode ser duro para o leitor flamenguista ler este texto após uma atuação fantástica sacramentada com uma goleada em um frágil adversário. Não porque farei maiores críticas ou algo além. Exatamente pelo adjetivo que utilizei para definir o Flamengo de Leia mais… »

Flamengo compete, mas está sempre no limite

Para entender a perspectiva desta análise é preciso saber que o jogo é dividido em seis momentos. Além das organizações ofensivas e defensivas, saturadas em senso comum, as transições também ofensivas e defensivas existem entre elas; além das bolas paradas. Leia mais… »

(Re) apresentação e as diagonais de Fernando Diniz

Escrever este texto significa retornar à prática de um hobby prazeroso. O futebol sempre ditou o rumo de muitas escolhas pessoais e profissionais. O adolescente que em meados de 2013 iniciou os estudos efetivos sobre o maior esporte do país, Leia mais… »